[Evento] Survival I - Prova Rápida

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ir em baixo

[Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Sab Jan 09, 2016 5:28 pm



Survival!
H U N T E D


Survival I – Prova Rápida

As caixas de som estavam transmitindo uma mensagem para que todos ouvissem e esta que estava convocando todos que provavelmente, participariam novamente de um novo teste. – Prisioneiros que foram selecionados para o evento de sobrevivência, compareçam agora na sala de projeções. – Ecoou o aparelho por toda a prisão, esperando que as ordens fossem seguidas pelos detentos que se arriscariam naquela nova jornada. Enfileirados assim que entrassem na famosa sala de testes, um a um foi desaparecendo e se transportando para corredores de andares completamente diferentes dos que eram acostumados. Em suas cabeças apenas o objetivo de adentrar uma sala, a mesma onde os abrigaria por algumas horas. Assim que todos entrassem no ambiente cheio de carteiras e cadeiras de madeira, uma folha de papel com uma caneta aparentava uma prova virada de costas, era um teste de raciocínio, certamente a prisão estava ficando cada dia mais confuso, mas o problema era, por que estavam querendo fazer aquele tipo de teste.  – Vocês precisam responder todas as perguntas que estão nesta prova. Quem não conseguir terminá-la será eliminado no mesmo instante. – Disse um homem mascarado na frente de todos que agora deveriam estar sentados e em silêncio, prontos para o teste de seleção.

Extras

A primeira etapa vai consistir em uma prova escrita em que todas as respostas devem ser “respondidas”, mas como não existem perguntas quero que vocês sejam criativos e inventem o que tem no papel, coisas difíceis e que são impossíveis de responder. Ninguém, mesmo que seja a pessoa mais inteligente do mundo poderá acertar se quer uma única questão. O objetivo desta fase é conseguir respostas sem ser visto pelo avaliador. Agora como vocês vão fazer isso, fica em suas mãos. Sejam criativos, podem só dizer que tentaram olhar de canto para quem estava do seu lado ou então usar alguma habilidade para não ser visto.

Os três membros de cada equipe juntos devem computar um total de 60 pontos nos dados para seguirem para a próxima etapa. Não será válida a passagem do time que não atingir essa quantidade.

Em caso de um único membro da equipe for pego colando, mas os outros conseguirem pontos suficientes para que este não seja eliminado, ambos passaram para a próxima etapa. Para que o personagem seja pego colando, o post deste deve ter tido algo que foi muito suspeito ou algum erro.

Vocês deveram lançar UM dado para que isso seja usado em critério de avaliação.

Dado 01 – Será o dado que irá corresponder a quantidade de perguntas que conseguiu respostas sem ser visto. Será computado o valor deste dado somado com a dos outros integrantes da equipe. Caso alcancem o valor de número 60, ambos iram passar para a próxima etapa. [Deve ser lançado o D20].

Dado 02 – É essencial jogar esse dado para que se defenda em caso de ataques vindo de outros detentos que queiram o atrapalhar durante a prova. [Deve ser lançado o D10].

Dado 03 – Em caso de atacar alguém, deve lançar ele para tentar atrapalhar. [Deve ser lançado o D10]. - Opcional -.

Sala de provas

Primeira Fileira
Carteira 001. Mitzie
Carteira 002. River
Carteira 003. Jesse
Carteira 004. NPC
Carteira 005. Dimitri
Carteira 006.Cassie
Carteira 007. Keith

Segunda Fileira
Carteira 008. Kristina
Carteira 009. Aloysius
Carteira 010. NPC
Carteira 011. Kreiger
Carteira 012. Tessa
Carteira 013. Rosalie
Carteira 014. Andrew

Terceira Fileira
Carteira 015. Hazel
Carteira 016. NPC
Carteira 017. Zigfried
Carteira 018. Nathaniel
Carteira 019. Hendrik
Carteira 020. Ayato
Carteira 021. Brandon

Quarta Fileira
Carteira 022. NPC
Carteira 023. Páris
Carteira 024. Violet
Carteira 025. Zachary
Carteira 026. Reese
Carteira 027. Gregory
Carteira 028. Jessica

Quinta Fileira
Carteira 029. Havva
Carteira 030. Cruella
Carteira 031. Mikael
Carteira 032. Adam
Carteira 033. Bambi
Carteira 034. Pôncio
Carteira 035. NPC

Sexta Fileira
Carteira 036. America
Carteira 037. Pietro
Carteira 038. Klaus
Carteira 039. Alexis
Carteira 040. Maëlys
Carteira 041. NPC
Carteira 042. Zepheryn

Sétima Fileira
Carteira 043. Thomas
Carteira 044. Elish
Carteira 045. Abby
Carteira 046. Logan
Carteira 047. NPC
Carteira 048. Antoine
Carteira 049. Alfie

Oitava Fileira
Carteira 050. Archer
Carteira 051. Maxine
Carteira 052. NPC


Na hora da cola, só poderá tentar pegar do NPC que estiver na fileira ao lado. Não esqueça de postar no final de seu texto de quem você tentou obter respostas.

Informações Finais

O post pode ser editado caso seja necessário, mas a preferência é evitar.

No final de sua narração coloque observações que sejam essenciais para a avaliação. Um exemplo é citar como tentou colar.

Sejam criativos com o que vão fazer, isto vale bastante.

O post tem um prazo de uma semana. Podendo postar apenas amanhã 10/01/2016 até dia 16/01/2016 às 13:00, sábado ou então até o narrador postar.

Qualquer dúvida poderá ser mandado MP ou então perguntar no Chatbox.
@DFRabelo


Última edição por Hunted em Dom Jan 10, 2016 2:22 pm, editado 3 vez(es)

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por River Kjærholm-Cøer em Dom Jan 10, 2016 12:44 am





I'm not spending any time, wasting tonight on you. You know, I've heard it all, so don't you try and change your mind cause I won't be changing too, you know. You can't believe, still can't believe it, you left in peace, left me in pieces, too hard to breathe, I'm on my knees right now.

 
”— Divertir-se pode ser uma razão tão boa como qualquer outra.” Ouvir os gemidos as vezes fazia bem. River contudo sempre confundia de gozo ou de dor, pensava que as pessoas sempre confundiam os sons ou pelo menos, a seus ouvidos era esta mensagem a ser transmitida. Brincava com a pequena caneta dentro da cela até ouvir o som metálico convocando um grupo vasto, talvez ainda fosse dividido novamente para a sala de projeções. Ela por incrível que pareça, também havia sido chamada ao que lhe pareceu ter ficado banguela e ter matado Peter, atiçou as atenções. Gostava assim, para que depois fizesse o seu inferno. Sua mão no bolso, dava-se completo desinteresse mesmo que no fundo estava fazendo o papel de uma fiel analista. Pisou na sala de projeções, girando os glóbulos oculares marcando mesas de um colégio. Maldita era estudantil. Sua mente arredondava a má escolha de cenário como o vampiro que abominava a ideia da água benta. Suspirou, como se tivesse alguma fumaça atrapalhando o pulmão dirigindo-se para a segunda carteira. posou as nádegas e bateu com os dedos tendo as unhas já bem comidas fitando o quadro.

 "– Vocês precisam responder todas as perguntas que estão nesta prova. Quem não conseguir terminá-la será eliminado no mesmo instante. "


A voz escoa e seu seno desperta. Espreguiça-se com o braço antes que a vontade de sair lhe bata sorrindo por dentro. "Vamos brincar." - Pensou num entretenimento que gostasse. Oh nintendo. Seu dedo indicador lapidou o crânio enquanto lhe havia um tempo para pensar no que fazer. Respostas? Talvez não estaria ali para conseguir. Não fechou os olhos e nem nada, ficando inaparente por uns instantes até fitar a folha. Bateu com a ponta da caneta e resolveu entrar em ação : Ria por dentro batendo palmas enquanto se concentrava em diminuir o máximo que podia, o desenvolvimento cerebral na capacidade de falar querendo que as respostas pulassem da sua boca, não de forma alta para que todos ouvissem, mas baixa. O baixo poderia a fazer escutar ou então, induzir ao corpo se mover, já dominado com certa lerdeza mostrando o efeito deficiente para que aos pouquinhos murmurassem. O jogo lhe parecia um caça-niqueis, precisava vencer ou penaria feio por isso. 

Poder:

Deficiência Neurocognitiva - É a habilidade de diminuir a atividade cerebral. No estágio 5 levando em conta poderia acarretar mais de uma coisa no cérebro num curto tempo como no máximo, 10 minutos.  Algumas das principais categorias dos déficits funcionais e cognitivos incluem deficiência ou dificuldades de:

• Memória.
• Resolução de problemas.
• Atenção.
• Compreensão Verbal, de Leitura e Lingüística.
• Compreensão Matemática.
• Compreensão Visual.



WEIRD pour Lotus Graphics!



● ● ●

River Kjærholm


avatar
River Kjærholm-Cøer
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 84
Data de inscrição : 12/12/2015
Idade : 28
Localização : Check the rep.

Ficha do Prisioneiro
Nível: 05
Experiência:
10/100  (10/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 12:44 am

O membro 'River Kjærholm-Cøer' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 11

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Violet Maddox em Dom Jan 10, 2016 2:14 am



Blow up
COLD AS ICE AND MORE BITTER THAN A DECEMBER. WINTER NIGHT. THAT'S HOW I TREATED YOU AND I KNOW THAT I. I SOMETIMES TEND TO LOOSE MY TEMPER AND I CROSS THE LINE. YEAH, THAT'S THE TRUTH. I KNOW IT GETS HARD SOMETIMES BUT I COULD NEVER LEAVE YOUR SIDE. NO MATTER WHAT I SAY 'CAUSE IF I WANTED TO GO. I WOULD HAVE GONE BY NOW.

Let's fuck them up!


Meus olhos só estavam fechados, eu não estava dormindo. Bom, eu quase não estava dormindo. Maldita River e seus gemidos com suas brincadeiras. -River, vá fazer isso no banheiro...-Resmunguei virando para o outro lado e colocando meu travesseiro em cima da minha cabeça, numa tentativa nada útil de abafar os sons de minha colega de quarto. Ela finalmente encerrou aqueles barulhos insuportáveis no momento em que as caixas de som estouraram com uma voz falando algo sobre um evento e que deveríamos estar na sala de projeções. Ou algo assim.

Me levantei e segui River que já se encontrava fora da cela, andando toda pomposa pelos corredores junto com outros detentos. No caminho eu encontrei Abby, mas nada dissemos uma para a outra e seguimos até estarmos na sala de projeções, que mais parecia uma sala de aula. Cadeiras e mesas de madeira se encontravam na sala, e todos os detentos estavam se acomodando e encarando uma folha branca em sua frente. Eu fiz o mesmo. O que é isso? Voltamos para o colegial? Vamos ter aulas como criancinhas agora? pensei enquanto encarava a folha à minha frente.

Peguei a caneta e tentei responder alguma questão. Nada. Eu não conseguia responder aquilo, e olha que minhas notas na escola eram incríveis. Eu não tinha outra escolha não ser colar, o que seria bem difícil com uma criatura mascarada nos encarando. Mas, todos temos nossas vantagens.        

Me foquei nos sons que todos faziam com suas canetas enquanto escreviam, tentando distinguir suas respostas. Olhei de soslaio e ampliei minha visão, fazendo com que eu conseguisse ler o que a pessoa estivesse escrevendo, alternando entre olhar para a minha prova, para o ser mascarado e para a prova do menino. De repente tentei olhar para outras provas, tentando ler o máximo que eu podia de cada um ali presente. Infelizmente nem tudo sai como planejado, e sempre que eu conseguia a resposta de alguém, eu me distraia com a fiscalização do mascarado ou a pessoa dificultava a minha vida, colocando sempre um braço na frente tapando a resposta. Só podia ser brincadeira.    


NOTA ▪ NOTA ▪ NOTA ▪ NOTA




● ● ●

Do not trust us
avatar
Violet Maddox
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 28
Data de inscrição : 11/12/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 16
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 2:14 am

O membro 'Violet Maddox' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 15

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Cruella I. Dzerjínsk em Dom Jan 10, 2016 2:44 am

OFF




Prólogo.

        Tudo se passava lentamente aos olhos de Cruella que, desnorteada, forçava a visão para identificar o percurso pelo qual lhe arrastavam, de novo, como sempre. Seus braços eram suportados cada um por um guarda, e havia um terceiro mais a frente, armado como os outros dois. Do que ela conseguira notar, só isso, e então o clarão da sala de projeções do qual ela já estava acostumada; rostos desfocados passavam por suas pupilas exorbitantemente dilatadas, e tudo o que pôde compreender foram os lábios de uma detenta que lhe agarrava pela cintura: "Cruella! Que merda, Cruella!", seria Tess? Sim, sua companheira de cela.

I.

        Estava, afinal, em um corredor. Haviam presidiários com quem ela nunca havia tido o desprazer de falar, por sorte ou azar, mas entre eles, um que a grega já considerava uma exceção - Mikael estava bem próximo, e seu olhar cruzou com os da morena com a expressão insípida em suas feições, como sempre, mas havia um suor seco que lhe acomodava o rosto e braços desnudos. Ele se aproximou e Cruella a ele; Tess, a loira que lhe amparava na sala de projeções fora sua prioridade, andejando por entre os detentos na companhia de Mikka com desgosto nas papilas da língua ao olhar para cada um deles; "Tess...? TESS!", as madeixas aloiradas se movimentavam com aflição, e assim que sua mão agarrara-lhe o braço, o peito da mulher subia e descia ainda mais afoito. "Respira, Teresa! Olhe para mim, respira.", Cruella comprimira os lábios e afagou-lhe o rosto: "Esse é Mikael, estamos juntos nessa merda, ok? Consegue ver mais alguém que conheça?".

        Logan não era um rosto familiar, nem para Cruella, nem para Mikael ou Tess, mas se aproximou não muito mais confiante com situação, como eles. Não houve muito com o que se concordar, guardas brotaram de ambas as extremidades do corredor e havia uma só porta para entrar. Juntos, foram para lá e o cenho da morena franzira expressamente; era uma prova, ou avaliação. "Que porra...", por lógica e comodidade, preferiram se afastar em fileiras longínquas, com exceção de Mikael, que diz ser uma vantagem recíproca para ambos a proximidade. Uma hipercinética e um maestro corporal iam de ser mais úteis juntos.

        O avaliador tomou sua vez, se expondo no centro da sala.

II.

       Em suma, eles haviam atribuído cada presidiário a mais 3, mas Cruella não era obrigada a nada, como já é sabível. Seus olhos se arrastaram por os de Tess e Logan, sentindo os olhos árduos de Mikael em suas costas. Nem um deles era. Ao ler a prova que estava expurgada na superfície gélida, não havia resolução; há resolução, supôs, soltando o ar de seus pulmões e olhando cada detento da sala. É uma projeção, ela repete, movendo a boca de forma inaudível, e então fixa os olhos no homem em sua diagonal, na fileira ao lado. Se era de interesse dos administradores que não houvesse respostas, porque ele estava, juntamente, respondendo a prova? "Filhos da puta...", olhando de soslaio para Mikael, notara que sua ciência fora a mesma: com os olhos, ele se responsabilizara com o afastamento da mão canhota do homem, para que o campo de visão de Cruella se compreendesse suas respostas; a grega copiara dele, e Mikka, dela.

RENDIMENTO:
00%/20%

ATRIBUTOS:
Destreza - 07
Força - 07
Inteligência - 07
Carisma - 10
Vigor - 07

PERÍCIAS:
Psicologia - Profissional
Furtividade - Profissional
Mira - Profissional
Arrombamento - Profissional
Resistência a torturas - Amador

NA NARRÇÃO:
HIPERCINESE
Descrição - É o controle completo e sincronizado de mente-músculo, onde suas atribuições são o equilíbrio, condenação motora e mira perfeita, reflexos muito avançados, assim como os sentidos e atributos físicos como paladar, olfato, tato e audição, força, velocidade, resistência e vigor. Se muito, previsão de probabilidade.
Utilização - NÍVEL 9 Os olhos treinados e desenvolvidos dos hipercinéticos, fazem com que a mira adquira uma grande melhora, sendo capaz de acertar alvos em movimento com maior efetividade em uma distância de até cem metros a olho nu. Ao atingir o nível 15, a mira se torna perfeita, errando o alvo apenas no caso de alguma força externa inesperada.

● ● ●


CRUELLA,
DZERJÍNSK
avatar
Cruella I. Dzerjínsk
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 165
Data de inscrição : 28/11/2015
Idade : 20

Ficha do Prisioneiro
Nível: 09
Experiência:
60/100  (60/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 2:44 am

O membro 'Cruella I. Dzerjínsk' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 10

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Dimitri Volk Orlov em Dom Jan 10, 2016 12:04 pm




The Test




Despertei naquela manhã com o ruído da tranca de minha cela mais cedo do que o de costume e com as caixas de som da prisão falando para todos os prisioneiros comparecerem à sala de projeções. Certamente estavam planejando alguma atividade diferente. Depois de tudo o que passei naqueles longos dias, eu não me importava mais, fazia o que me era pedido e ficava na minha. Pelo menos aparentemente era assim, já que eu ainda pensava em meios de escapar dali todos os dias. Enfim, como eu disse, aquela foi uma manhã um tanto quanto atípica, os guardas da prisão, armado até os dentes, logo nos abordavam nas celas e nos conduziam pelos corredores em direção à conhecida sala de projeções, eu já tinha até decorado o caminho para lá . Olhei para um dos guardas e perguntei com uma sobrancelha arqueada, tentei ser o mais carismático que podia, mas aquela não era uma característica tão boa em mim.  

 -  E aí, qual é a boa de hoje, parceiro?

- Silêncio, Orlov.

Foi a resposta rispida e mal humorada que recebi do guarda, além de uma pancada na cabeça com a arma que ele carregava. Me calei, mas pela minha cabeça passavam mil e uma resposta para ele, todas repletas de baixarias e malcriação. Para um cara que passou grande parte da vida em um puteiro, aquilo era até que fácil de se fazer. Caminhando em silêncio, percebi que os prisioneiros de outras alas  também estavam sendo levados até a sala e eu me perguntei se estavam planejando uma viagem ao mundo da fantasia coletivamente. Não tive muito tempo para pensar naquilo, pois assim que entrava na sala, uma forte luz de cegar os olhos tomou minha visão.

Me vi em outro lugar depois desse clarão e .. aquilo era uma sala de escola?! Ouvi as ordens para nos assentarmos sem demora e foi o que eu fiz, não estava nem um pouco afim de outra pancada na cabeça. Fiquei inclusive na primeira fileira de carteiras. Olhei na mesa e ali havia uma folha virada e tive que suspirar, o que mais detestava nos poucos anos que frequentei a escola, eram as provas todo final de mês. Escutei as instruções do sujeito lá na frente e meneei o rosto negativamente. Eu não estava  nem um pouco afim de saber do que se tratava aquela prova.

Aproveitei de minha altura para pescoçar, discretamente a garota que estava na minha frente. Antes de ir me sentar eu tinha percebido que ela tinha a maior cara de nerd, principalmente usando aquele óculos fundo de garrafa e era baixinha. Sem dúvida seria dela mesmo que eu ia colar. A nerd respondia todas as questões de múltipla escolha com agilidade. E eu copiava dela na mesma velocidade, usando o lápis que haviam deixado em cada mesa além da folha de teste. Marcava um X nas questões, mal as lendo. Sei que não consegui colar todas as resposta da menina pelo risco de ser pego a qualquer momento, mas copiei todas as que conseguia, as outras eu chutei mesmo, pouco me importando com o conteúdo delas.

Spoiler:

Perícias:
Furtividade - Profissional
Atributos:
Destreza:08
Força:07
Inteligência:07
Carisma:01
Vigor:08



post: 010 | notes: -- | tagged: -- | music: ---




Última edição por Dimitri Volk Orlov em Dom Jan 10, 2016 12:24 pm, editado 1 vez(es)

● ● ●

avatar
Dimitri Volk Orlov
the boredom killers
the boredom killers

Mensagens : 75
Data de inscrição : 23/12/2015
Idade : 27
Localização : Cela 40

Ficha do Prisioneiro
Nível: 13
Experiência:
5/100  (5/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 12:04 pm

O membro 'Dimitri Volk Orlov' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 14

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Kreiger Drakunov em Dom Jan 10, 2016 12:53 pm

Fuck school

Sim, tentar descansar naquela prisão era uma verdadeira missão impossível. As colunas estridentes faziam ecoar por todas as celas a invocação de diversos prisioneiros, tendo o meu nome passado pela boca do emissor.
A minha missão era chegar à sala das projeções, juntamente com o grupo de invocados. Caminhei pelo piso metálico, indo de encontro aos restantes prisioneiros que se dirigiam à Sala:
- Fracos... - pensei
Entrámos na tão esperada Sala das Projeções. No entanto, encontrámos uma sala de aula bastante comum. Um a um, fomos-nos sentando nas mesas. Sobre estas apareceram uma folha de prova e uma caneta. Uma figura negra materializou-se na frente da "turma".

Vocês precisam responder todas as perguntas que estão nesta prova. Quem não conseguir terminá-la será eliminado no mesmo instante.

Começa!
O clicar de várias canetas deu-me uma certa "comichão" e irritabilidade. Olhei em redor. Poucos pareciam saber as repostas e até eu, um verdadeiro génio, não as sabia responder. O facto é que alguns pareciam fugir a essa regra, escrevendo rapidamente as respostas na folha. Por sorte, um desses estava sentado ao meu lado.
Dia de sorte!
Levantei a mão, chamando o avaliador. Enquanto este se aproximava-me, concentrei o meu poder na minha voz. Quando o avaliador chegou perto de mim, toquei-lhe no ombro e olhei-o nos olhos, mudando a cor da íris entre o roxo e o lilás:
- Acho que estão a copiar lá atrás. Devia ir lá ver, não acha?
Ele olhou-me durante alguns segundos antes de anuir com a cabeça e sair disparado para a parte de trás da sala. Enquanto ele vigiava de costas para mim, virei-me para o rapaz na cadeira 4, olhando de relance para o avaliador ainda de costas. Tinha que ser rápido, não podia controlar mais do que uma pessoa. Agarrei-o pelo pulso e olhei-o diretamente:
- Ouve lá, tu queres trocar de folha comigo, não queres? Eu sei que sim, troca, vá... - ouvi os passos do avaliador ainda lá no fundo. Olhei de novo para ele - seguro - e voltei a focar-me no rapaz - Anda, troca de folha comigo. É isso que tu queres, lembras-te?
Ele parecia desnorteado e eu aproveitei para trocar as folhas, mesmo a tempo do avaliador se voltar e retornar ao seu posto.

Poder - Persuasão:
Habilidade de convencer ou obrigar as pessoas a fazer o que se pede usando a voz, o olhar e gestos. Também tido como o dom de ludibriar demais pessoas a fazerem sua vontade, é tido como um poder diabólico do qual apenas aqueles de mentes mais poderosas estão protegidos.

NÍVEL 8 – (pequenos atos) As palavras do usuário são capazes de fazer modificações em uma movimentação já prevista e planejada pela própria vítima da persuasão. Contato visual (direto) é necessário, tal qual o toque. Atinge uma pessoa por vez. Efeito não definitivo.
avatar
Kreiger Drakunov
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 7
Data de inscrição : 30/12/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 01
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 12:53 pm

O membro 'Kreiger Drakunov' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 9
avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Tessa Wërtz Hoffmeister em Dom Jan 10, 2016 2:37 pm

Though nothing will drive them away,
we can beat them, just for one day.
We can be heroes, just for one day.
I.
Prisioneiros que foram selecionados para o evento de sobrevivência, compareçam agora na sala de projeções — a voz saiu dos alto-falantes como um pedido inocente. O soar convizinhava-se ao de uma atendente de hospital educada, chamando os pacientes pela respectiva senha. Parecia induzir os detentos a pensar que tinham a escolha de irem sozinhos à Sala de Projeções. Porém, tudo trava-se de falácias. Não demorou-se muito para que guardas adentrassem o pátio e começassem a levar alguns dos prisioneiros consigo. Foram necessários apenas dois para levá-la, a loira; um segurava-a pelos ombros enquanto fazia-a caminhar rápido, e, o outro, armado, à frente de ambos.

Guiaram-na pelos corredores, e Teresa não tentou resistir, porque sabia que iria apanhar caso o fizesse. Já fora submetida àquele de tipo de prova algumas vezes, e, embora soubesse que não havia real perigo, ela ainda temia. Porque aproximava-se à ideia de morte, e, para ela, a morte não era bem vinda. Queria espernear e gritar, mas manteve-se calma, enquanto seu âmago explodia. Alguns detentos, deixados em paz, observavam a cena com olhares mistos: um com comicidade estampada no semblante, claramente divertindo-se com o azar alheio; outros, com medo disfarçado, provavelmente imaginando-se na situação. Tessa ignorou-os a todos, focando o olhar à frente enquanto era levada para a sala.

A primeira pessoa que viu foi Cruella sendo trazida alguns segundos depois dela. Os dois guardas que a carregavam pelos braços deixaram-na ali, desnorteada. A Hoffmeister correu para segurá-la, falando algo que perdia-se facilmente em meio à balbúrdia. Cruella! Que merda, Cruella! Segurou-a pela cintura, dando-lhe apoio. Antes que fossem jogados no corredor.

II.
Tessa percorreu os olhos pelos rostos dos detentos ali. A maioria era composta por feições anônimas, com as quais nunca tivera contato. Reconheceu um ou dois de proas anteriores, tais como Violet e Elish, que compunham a mesma equipe no Segundo Massacre. Reconheceu também as madeixas lisas e de um tom castanho claro de Bambi, sozinha, no canto, mas não atreveu-se a ir até ela. O peito subia e descia com a respiração descompassada, e as pupilas dilatadas captavam toda a luz que conseguiam, provocando certa ardência nos globos oculares da loira. Quando avistou novamente Cruella, passou a correr em sua direção.

O que a gente tá fazendo aqui agora? — perguntou, falando rápido em um só folego. Os lábios rachados mal moviam-se enquanto o olhar escrutava o âmbito. Cruella tentou acalmá-la, e, de pouco a pouco, a respiração foi voltando ao normal. Os olhos recaíram sobre a figura de um menino apresentado por Mikael, e um cumprimento régio com a cabeça foi tudo o que a loira ofereceu.

III.
Foram dispostos em uma sala de aula. A dúvida lhe veio, uma vez que se acalmara. Aquilo era, certamente, diferente de tudo o que já haviam feito com os detentos, atitude esta suspeita. Tess dispersou-se de Cruella e de Mikael, sendo guiada para a segunda fileira de carteiras. Tomou seu lugar na antepenúltima, acomodando-se ali. O olhar vagueou pelos prisioneiros que a arrodeavam, enquanto uma equipe lhe era dada. Equipe... Até parece. Bufou, revirando os olhos.

Analisou o terreno ao redor. À sua frente, sentava-se um garoto desconhecido. Ao lado esquerdo, outro. Ao direito, outro. Atrás de si, uma garota promissora. As diagonais atrás de si não interessavam-na, ao contrário das dianteiras. Uma garota de aparência inofensiva postava-se frente ao garoto da sua esquerda, sua prova virada bem visível para a loira. Mordeu o lábio, algo implantando-se em sua mente. Caso tivesse de colar, seria dali. Há tantos aqui..., pensou, fazendo uma ronda. Se teriam de competir uns contra os outros, era melhor que muitos fossem desclassificados logo ali, naquela prova. O semblante anuviou-se, pensando se deveria ou não trapacear. Foda-se. A sobrevivência era recheada de sabotagem.

Um homem frente a todos tomou a palavra, demarcando o início da prova.

Teresa virou sua folha e deparou-se com perguntas confusas. Interpelações cujas respostas seriam desconhecidas para todos ali. Uma sobrancelha ergueu-se, o nariz torceu-se, os lábios comprimiram-se. Que espécie de jogo eles estão fazendo com a gente? Mordeu o interior da bochecha, arrancando pele do local, enquanto passava os olhos por todas as perguntas. Não, não sabia responder nenhuma. O olhar levantou-se e deparou-se com a menina da diagonal. A cabeça morena abaixada rente à prova, a caneta escorrendo pelo papel como se ela fosse uma máquina. A perplexidade chegou à loira, e depois a indignação. Ira lhe acometeu, embora ela parecesse serena por fora. Ninguém deveria saber responder! Ajeitou a compostura, erguendo o pescoço para ver melhor o que a garota escrevia. Sua letra, embora um tanto ilegível, era facilmente decodificada, e Teresa conseguiu copiar em sua própria prova o que ela fazia na sua. Ao terminar, um sorriso sutil perpassou-lhe os lábios. Finalizara, então era a hora de trapacear.

Viu o garoto à sua frente, cujo nome era Kreiger, desviar a atenção do avaliador para o fundo da sala. Uma atitude perspicaz, a que tomou posteriormente, utilizando-se de seu poder para convencer alguém a trocar de prova. Não contava, porém, com a existência de cobras em seu meio. Tessa tamborilou de forma inaudível os dedos sobre  a carteira, enquanto sentia uma corrente de eletricidade pelo corpo que, provavelmente, iria atrair objetos de metal. A caneta de Kreiger, por exemplo, e a do rapaz com quem ele trocava a prova também. Ambas voaram e caíram com estrondo no chão, chamando a atenção do avaliador, que os pegou no ato. Ops.

Não era nada pessoal. Mas tinha de desclassificá-los.

O mesmo fez com Dimitri, o rapaz ao seu lado. Uma onda de choque pequena, apenas para fazê-lo saltar na cadeira no momento em que colava, chamando a atenção do avaliador. Tessa abaixou a cabeça e imitou a maioria dos detentos remanescentes, fingindo estar respondendo a prova enquanto que com a caneta apenas cobria as palavras que já haviam sido escritas.

Ações // Informações.
— Dado 1 — D20: Prova;
— Dado 2 — D10: Proteção;
— Dado 3 — D10: Ataque a Kreiger;
— Dado 4 — D10: Ataque a Dimitri.
Atributos // Perícias
— Resistência a tortura {amador};
— Destreza: 06;
— Força: 03;
— Inteligência: 10;
— Carisma: 05;
— Vigor: 06.

● ● ●

a heart full of love
a heart full of song
avatar
Tessa Wërtz Hoffmeister
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 137
Data de inscrição : 18/12/2015
Idade : 23
Localização : Na beira do mar, ooh.

Ficha do Prisioneiro
Nível: 11
Experiência:
92/100  (92/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 2:37 pm

O membro 'Tessa Wërtz Hoffmeister' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'D20' : 15

--------------------------------

#2 'D10' : 3

--------------------------------

#3 'D10' : 7

--------------------------------

#4 'D10' : 4

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Zepheryn High Silverstone em Dom Jan 10, 2016 5:30 pm



I never get back
Eu havia acordado bem mias cedo naquele dia, minha incapacidade de dormir naquele ambiente só piorava a cada dia. Deixei um suspiro escapar quando ouvi as caixas de som anunciarem alguma coisa sobre prisioneiros selecionados, a porta de minha cela se abriu, guardas entraram no recinto e então me sentei na cama, respirei fundo e me levantei deixando que eles me arrastassem para fora da cela. Minha respiração denunciava qu eu estava tensa, um evento de sobrevivência? Como seria aquele tipo de coisa? Sendo guiada pelos corredores da prisão eu preferi ficar em silencio enquanto olhava para o chão, até que os guardas pararam, havia uma enorme fila com outros detentos bem a nossa frente, alguns outros funcionários carcerários da prisão mantinham a ordem ali. Eles me instruíram a ficar na fila e esperar para entrar naquela sala, que segundo alguns detentos que conversavam logo a frente de mim era a sala de projeções. Logo a fila andou e não demorou muito para que eu adentrasse no recinto, um guarda que se localizava junto a porta me levou até uma cadeira em silencio me sentei  e olhei ao meu redor, eu literalmente não conhecia ninguém ali.

Não demorou muito para que todas as cadeiras fossem ocupadas, e só então notei que havia uma folha de papel e uma caneta encima de minha mesa -- Uma prova? - murmurei e mordi meu lábio inferior, merda, eu minhas notas no colégio nunca foram as melhores, mas eu me virava. Respirei fundo e me acalmei quando a voz de um homem mascarado. A questão era porque uma prova em uma prisão como aquela? E enquanto eu tinha meus pensamentos no por que de fazer aquela prova os outros detento já haviam começado. O barulho das canetas riscando os papeis era o único som que ecoava pela sala.

Respirei fundo tentando me acalmar e então virei minha prova dando uma lida nas primeiras questões, aparentemente toda a prova não fazia sentido, mas bem eu deveria tentar. Segurei a caneta e respondi (ou seja, chutei) uma ou duas questões que pareciam ter mais sentido para mim. Mas com o passar do tempo eu percebi que não faria toda  a prova sozinha, deixei a caneta encima da mesa e olhei ao redor com o canto dos olhos, o garoto localizada à minha frente parecia estar tendo alguns problemas pois mexia em seus cabelos de forma compulsiva. A movimentação dele fazia com que algumas poucas respostas pudessem ser vistas por mim, abaixei minha cabeça um pouco e fiz uma “barreira anticola” em minha prova, fingi continuar escrevendo até que uma brecha do garoto a minha frente fez com que eu pudesse pegar algumas respostas dele emprestadas, mas isso não foi o suficiente.

Respirei fundo e desfiz minha barreira anticola, soltei a caneta encima da mesa e estralei meus dedos enquanto analisava o ambiente com o canto de meus olhos, uma garota parecia conseguir responder a prova com facilidade, discretamente comecei a tentar pegar as respostas dela. O avaliador caminhava lentamente pelos corredores entre as filas, e quando ele se localizava nas primeiras filas eu coçava meu olho esquerdo, utilizando o direito para pegar as respostas contidas na prova da garota. Não colava dela em todas as oportunidades possíveis, alguma vezes eu tentava responder por mim mesma, ou seja, chutava. Logo eu finalizava todas as questões da prova, grande parte delas era cola, as que não eram cola eram chutes.

Spoiler:
Perícias:
Furtividade; Amador
Atributos:
Destreza: 07
Força:06
Inteligencia: 06
Carisma: 04
Vigor: 07
avatar
Zepheryn High Silverstone
the boredom killers
the boredom killers

Mensagens : 8
Data de inscrição : 03/01/2016
Idade : 26

Ficha do Prisioneiro
Nível: 3
Experiência:
50/100  (50/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 5:30 pm

O membro 'Zepheryn High Silverstone' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 3
avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Antoine B. L. Walkenhorst em Dom Jan 10, 2016 5:46 pm

Definitivamente, eles precisavam colocar um ar condicionado ali.


O calor presente na prisão era tamanho que ignorar a imundície que era os banheiros para tomar um banho era comum na rotina de Antoine. Quatro banhos por dia era o que ele tomava e com isso, esperava que causasse um prejuízo na conta d'água daqueles que haviam colocado-o ali. Havia acabado de sair de seu terceiro banho quando as caixas de som espalhadas por todo o ambiente realizaram seu mais novo anúncio. Anúncios como aqueles – seleções para testes e eventos – eram comuns, embora aquele em particular parecesse ser um pouco mais amigável, devido a falta de ameaças. Talvez tivesse sido este o motivo que atraíra o empata a se inscrever, alguns dias antes. Após vestir-se – com as roupas mais confortáveis que pudera obter -, foi até a fila indiana que já se estendia com o que ele calculou mais de trinta prisioneiros, alguns que ele já havia visto, outros que lhe pareciam completamente novos. Um por um, foram entrando na sala de projeções, provavelmente já conhecida por alguns, mas desconhecida para Antoine, que adentrou o local com uma apreensão que fazia brotar suor no canto de sua testa.


O ambiente era grande, com várias carteiras de madeira dispostas a cada um dos detentos. Era incrível como aquela sala nua fora capaz de criar um ambiente que o moreno pensou que nunca mais iria ver. Uma vez que a maioria das carteiras já estavam ocupadas, Antoine tomou a quadragésima oitava carteira, na sétima fileira. Um sorriso brotou no canto de sua boca ao lembrar de si mesmo, com seus dez ou onze anos, sentando na primeira carteira e respondendo todas as perguntas do professor. Mas ele sabia que aquele local ali não se resumiria a algo tão banal para aqueles detentos, não era do feitio dos idealizadores daquele lugar. Em sua carteira, havia uma única caneta e uma folha virada para baixo. Na frente de todos, um homem – o qual Antoine não havia se dado conta da presença -, utilizando de uma máscara, instruiu-os a prova, como um professor: responda ou seja eliminado. Parecia óbvio e quando todos começaram a preencher a prova com determinação e rapidez, alguns até arriscando olhadelas para as provas alheias, Antoine percebeu que não poderia ficar para trás. Procurou por seus colegas de time – Havva, Dimitri e Zepheryn -, mas era difícil encontrá-los, uma vez que não possuía familiaridade com seus rostos e aparências. E, de qualquer forma, ele tinha de focar no seu.


Analisou as questões uma por uma, mas todas pareciam complicadíssimas até para sua inteligência, que podia ser considerada invejável, até. Leu a primeira questão três vezes, mas as palavras complexas e que pareciam até ilógicas para Antoine pareciam estar dispostas ali unicamente para ferrá-los. Olhou novamente a seu redor, a preocupação e o medo tomando-o novamente; e se eu não conseguir? O que aconteceria? Todos do meu time me odiariam..., condenava a si mesmo. Ele tinha de dar seu jeito e com esse pensamento em mente, pegou a caneta, retirou-lhe a tampa e começou a preencher as respostas. Tinha de confiar em si mesmo, em sua inteligência e ainda, tinha de lembrar-se de seu time, tinha de ajudá-los. Aos poucos, foi sugestionando as respostas para cada questão, procurando obter sucesso naquela maldita prova.

Adendos:
Observações:
Sob a impossibilidade de utilizar meus poderes para obter as respostas ou agir incoerentemente em relação a personalidade de meu personagem – que é um "clássico" lawful good - ao colar, preferi reagir à prova igual a Sakura, em Naruto, que confiou em sua própria inteligência para responder as questões – e obteu sucesso espero que eu dê a mesma sorte. Equipe, qualquer coisa eu sinto muito, fiz meu melhor. <3
Atributos:
Destreza: 02
Força: 07
Inteligência: 09
Carisma: 09
Vigor: 03
Perícias:
Primeiros Socorros — Amador
Resumo:
Apesar de ter se inscrito no teste de sobrevivência, é tomado por medo quando entra na sala de projeção. Toma a quadragésima oitava carteira, na sétima fileira e após raciocinar um pouco sobre o futuro que aquele teste tomaria, procura por seus companheiros de equipe: Havva, Dimitri e Zepheryn, mas não consegue encontrá-los porque não estava acostumado com suas aparências – ainda mais com eles de costas. Acha as questões da prova difíceis até mesmo para ele e se atormenta com os próprios pensamentos. Incapaz de colar, confia na própria inteligência para responder as perguntas, tentando obter sucesso com aqueles respostas.
avatar
Antoine B. L. Walkenhorst
the sherlock's
the sherlock's

Mensagens : 44
Data de inscrição : 17/12/2015
Idade : 24

Ficha do Prisioneiro
Nível: 06
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 5:46 pm

O membro 'Antoine B. L. Walkenhorst' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 2
avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Andrew N. Cunningham em Dom Jan 10, 2016 6:23 pm



Fade to black
▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄▄
Things not what they used to be
Missing one inside of me. Deathly lost, this can't be real... Cannot stand this hell I feel!


Minha mente parecia perder-se em pensamentos diversos naquela manhã. Despertei sentindo-me estranhamente reflexivo, ponderando sobre o dia por vir e suas inúmeras possibilidades. O cotidiano naquela prisão tornava-se cada vez mais imprevisível, e preciso confessar o quanto essa malévola realidade me trazia uma certa dose de tormenta. O simples fato de não saber o que temos pela frente pode gerar esse receio incontrolável.

Assentado solenemente na ponta do catre, o rosto afundado entre as mãos, esperei os minutos passarem. O tempo era traiçoeiro ali; aparentemente transcorria sem nenhuma pressa, sempre. Quando prestes a levantar-me, a caixa de som subitamente expeliu uma impositiva leva de palavras e me deteve. Atentei-me ao recado, e, por fim, procedeu o silêncio. Descobri uma onda de inquietação me dominar quando a sala de projeções fora mencionada. — Merda... De novo esse inferno? — Meneei a cabeça compulsivamente em um claro gesto de insatisfação. Ainda assim, com um suspiro exasperado, ergui-me do colchão, resignado, e lancei-me ao corredor.

Trilhei à sala de projeções. Como de costume, o recinto trazia-me aquela sensação de impotência e levava-me a um estado de fraqueza inexplicável. Até aquele momento, não sabia o que enfrentaria, mas a julgar pela quantidade impressionável de detentos presentes, provavelmente seríamos postos a uma nova gama de testes. Fizemos a corriqueira fileira de outras ocasiões e, um a um, os prisioneiros foram sendo encaminhados e transportados a um ambiente, por ora, incógnito. Eu mesmo me deixei levar, conformado, até ser conduzido a um cenário completamente diferente do que estávamos. Uma ampla sala que dispunha de inúmeras cadeiras conforme estendia-se.

[...]

Prontamente acomodado em meu assento, olhava perplexo o conteúdo da prova. Aquilo era absurdamente impossível de ser respondido, constatei. A primeira pergunta, por exemplo, soava ilógica a cada vez que passava meus olhos sobre o enunciado. Me peguei desprevenido, tomado por um nervosismo crescente. — Ah, maldição... — murmurei queixosamente, sendo precavido com o tom da palavra para evitar qualquer contratempo ante o avaliador. Jamais fui um sujeito displicente no que se refere à dedicação aos estudos, mas aquilo seguia demasiado distante do que minha capacidade de raciocínio podia alcançar. Arrisquei uma olhadela rápida em volta. Será que o restante dos detentos encontrava-se afundado no mesmo caos de confusão que eu? Alguns rostos eram-me familiares, embora eu não tivesse nenhum grau de convívio decente com a maioria dessas pessoas. Então como prosseguir? Valer-me das minhas habilidades não faria muito efeito agora. Precisava achar um outro método. Voltei a encarar a folha de papel adiante, forçando-me a discorrer sobre alguma resposta.


Need the end to set me free

● ● ●

Andrew N. Cunningham
LONG ROAD TO RUIN
avatar
Andrew N. Cunningham
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 43
Data de inscrição : 03/12/2015
Idade : 22

Ficha do Prisioneiro
Nível: 7
Experiência:
60/100  (60/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 6:23 pm

O membro 'Andrew N. Cunningham' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D20' : 9

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Mitzie Ebërl Ahle em Dom Jan 10, 2016 8:12 pm



Notes: eu odeio escola, provas, eventos e homens que não me deixam colar
Panem et circenses. Na fantasia, Mitzie estava com aquelas roupas de gladiadores que eram mais leves do que pareciam ser e, em sua cintura, havia a espada mais afiada que já teve a honra de embainhar. Sua expressão era de puro desígnio, marcado pela coragem grande como as sobrancelhas e pela ferocidade tão clara quanto o tom verde azulado dos olhos. Os pés calçados naquelas sandálias aparentemente desconfortáveis marcavam a marcha constante que a levaria ao seu destino (provavelmente, final): o interior do anfiteatro. Lá, as feras a aguardavam ansiosas por sentir o sabor agridoce de seu sangue, tão adocicado e tão amargo ao mesmo tempo. Ela lutaria até o fim, mas sabia que esse chegaria cedo ou tarde. E, por si própria, o atrasaria o máximo possível. Porque mesmo que fosse apenas parte de um show de controle, a vida valia a pena.

Na realidade, não havia roupas especiais, armas ou designação. Era apenas o mesmo macacão surrado preto e branco, que parecia capaz de privá-la de qualquer resquício de bravura que quisesse se alojar em sua expressão. Aliás, expressão essa que ainda carregava feições infantis de uma criança que não havia tornado-se mulher ainda. E essas feições nada diziam: não havia medo, coragem ou qualquer outro tipo de sentimento, não passando de uma tela em branco que esperava por algo ou alguém para pintá-la. Era somente as mãos vazias, donas de dedos finos, esbranquiçados e cheios de cicatrizes devido à vida difícil que levara e ainda levava. Era só o mesmo sapato desconfortável que usava desde que fora parar ali. E não havia Coliseu ou pessoas torcendo por ela. A única coisa que havia era a certeza de que haveriam feras e de que o fim era uma ideia latente.

A sua frente, estava uma porta lisa e suja onde o grupo que tornavam os corredores verdadeiras latas de sardinha estava entrando. Os escolhidos para o evento, fora o que a voz estranhamente clara anunciava. Era muita gente, pelo menos pelos seus cálculos (que poderiam estar errados, já que ela nunca foi exatamente um gênio da matemática). A expressão pão e circo surgiu em sua mente de novo. Mitzie nunca tivera a oportunidade de frequentar uma escola, mas mesmo assim era ótima em História. Principalmente no que diz respeito a origem do entretenimento. Como a comédia e a tragédia grega e o pão e circo romano. Ela obtivera esse conhecimento durante seu tempo no circo e, embora por muito tempo tenha achado que nunca seria útil, esses ensinamentos ajudaram-na a identificar o que a administração de Hunted queria com aquele evento. Ou, pelo menos, a formar suposições que ajudavam a acalmá-la.

Ao passar pela porta que não era portões de bronze, não foi no interior de uma arena que foi parar, mas sim em um novo corredor (desconhecido, por sinal, mas de aparência semelhante aos outros: cinza e apertado). Nele, havia uma porta onde as pessoas adentravam. Mitzie pôde ver que a sala parecia o que ela imaginava ser uma sala de aula, com carteiras perfeitamente enfileiradas. Mesmo que ressabiada, ela adentrou a sala, examinando tudo minuciosamente como faz um gato arisco. As fileiras eram compostas por sete mesas. Vários dos lugares estavam ocupados, de modo que ela não parou para procurar algum lugar estratégico (nem sabia em que basearia a suposta estratégia, aliás) e sentou-se logo na primeira mesa da primeira fila. Como se chamavam os que o faziam logo de cara? CDF’s, não? Nerd’s? Pouco importava. Não era como se fossem fazer uma prova, mesmo.

“Vocês precisam responder todas as perguntas que estão nesta prova. Quem não conseguir terminá-la será eliminado no mesmo instante”. No fim, havia sim uma prova. Merda. Mitzie ergueu o olhar, sentindo-se perdida e ligeiramente incomodada, como se algo ou alguém estivesse lhe cutucando insistentemente. Seu olhar desviou-se para o lado, onde o homem que anunciara o teste circulava. Ele parecia certificar-se de que estava tudo bem e que ninguém estava pegando respostas com outras pessoas. Não importava. Afinal, não poderia ser algo tão difícil assim, mesmo para ela que não tinha frequentado nenhuma escola ou instituição de ensino. Todos lá eram presidiários, com toda certeza os administradores daquele inferno não achavam que eles eram gênios ou coisa do tipo. – Caralho. – Murmurou, tão baixo que ela própria teve dificuldade de se ouvir. Quase teve a sensação de que era de propósito, essa coisa de tudo que pensava acontecer ao contrário.

Eram as perguntas mais absurdamente difíceis que ela já vira.  Não era exatamente matemática, com fórmulas de baskhara e caminhos por onde se ir, e sim lógica. Mas não era a lógica acessível, aquele que, se você pensar um pouco, consegue desvendar. Não. Era uma coisa simplesmente impossível. Mitzie lia e relia e a cada nova frase ela tinha a sensação de que estavam cutucando-a mais forte. O suor começava a acumular-se aos poucos na testa, rente aos fios de cabelo, enquanto ela pensava no que fazer. Espiou por sobre o ombro e encontrou o homem que estava cuidando a prova lá atrás, do outro lado da sala. E, com os olhos vagando pelo ambiente, achou também Klaus, seu antigo companheiro de cela. Ele mirou-a também (se porque estava olhando-a antes ou porque sentiu o olhar, Mitzie não sabia dizer). Ela ergueu as sobrancelhas, ao que ele copiou o gesto, mas esse foi todo o contato que tiveram, pois o homem dobrou o corredor e poderia vê-los.

Mas como Klaus era um telepata, por sorte a comunicação mental era possível, bastava ela pensar e ele se concentrar em ouvir e responder. E foi o que ele fez. A voz masculina já conhecida tomou os pensamentos de Mitzie, que não pôde evitar o desconforto de ter a mente invadida. Oi, Klaus. Que droga de prova é essa? Ele disse que não sabia, mas que a menina ao meu lado parecia dar mole para sua própria prova. Quer que eu pegue as respostas? A resposta foi óbvia: sim. Mitzie respirou fundo e concentrou-se nos seus olhos, fechando-os. Um comichão passou-lhe nos olhos e, quando ela abriu-os novamente, enxergava com a visão de uma águia de asa redonda, a ave com melhor visão no mundo, capaz de ver um rato se enfiar na toca mesmo enquanto voa a 5 mil metros de altitude. Piscando, desnorteada, focalizou sua visão na prova da garota ao lado, e da pessoa ao lado dela, e a do lado desta, tentando copiar alguma coisa de cada uma das provas, qualquer coisa que enxergasse. Algumas respostas pegou e, as que conseguia, passava mentalmente para Klaus.

Poder:
Transformismo animal — Capacidade de se transformar total ou parcialmente em animal. É possível ter as garras de um urso, o veneno de uma cobra, ou o sensor de eletricidade de um tubarão.
Nível 3 {usado} — Adaptação corporal intensa, o  mutante passa a modificar funções biológicas de seu corpo, como visão, resistência muscular, respiração pulmonar, audição e olfato. Os sentidos ganham um upgrade animal.
Rendimento:
00%/20%
Atributos e Perícia:
Destreza — 05
Força — 08
Inteligência — 09
Carisma — 02
Vigor — 06
Armadilha — {amador}
Ações:
Dado 1 — D20: Prova
Dado 2 — D10: Defesa
1014 palavras, com Klaus

● ● ●

avatar
Mitzie Ebërl Ahle
the great danger
the great danger

Mensagens : 9
Data de inscrição : 30/12/2015
Localização : Cela 065

Ficha do Prisioneiro
Nível: 01
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 8:12 pm

O membro 'Mitzie Ebërl Ahle' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'D20' : 4

--------------------------------

#2 'D10' : 2

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Klaus J. Feuerschütte em Dom Jan 10, 2016 8:59 pm




what the hell


Mais um dia naquele inferno e para melhor ainda mais a situação fui acordado cedo como ecoar dos altifalantes da prisão que designavam o início de outro evento estúpido para nos testar. Infelizmente tinha sido escolhido para aquele evento e não tive outra opção senão ir.
-Prisioneiros que foram selecionados para o evento de sobrevivência, compareçam agora na sala de projeções.Concluiu a senhora que havia pronunciado o nome dos escolhidos.
Levantei-me do meu canto e persegui caminho atrás do meu companheiro de cela.Fui separado dele e então apresentado à minha equipa visto que parecia que ia ser um evento em equipas.
Não era a primeira vez que ia para aquela sala mas era algo que me fazia calafrios visto a ser algo que nunca tinha visto, algo inovador que projetava diversos ambientes.
Maior parte dos prisioneiros já se conhecia e iam discutindo sobre si de como seria o evento desta vez. De vez em quando ia ouvindo o pensamento de um ou outro e não conseguia saber qual deles era o mais falso para com os outros com a quantidade de mentiras que todos iam falando.
Ao fim de alguns corredores por onde nunca tinha andado antes, chegámos à sala de projeções que projetava uma sala de aulas. Fiquei surpreso... Uma sala de aula? Ia ser canja de galinha! Testes teóricos era sem dúvida o meu ponto mais forte.
Empurraram-me sendo assim obrigado a entrar na sala , prossegui então para a carteira que me tinha sido indicada onde se encontrava uma caneta e uma folha virada de costas para aumentar ainda mais o suspense do teste. Era estranho um teste de raciocínio como aquele, normalmente os testes a que éramos obrigados eram totalmente diferentes.
– Vocês precisam responder todas as perguntas que estão nesta prova. Quem não conseguir terminá-la será eliminado no mesmo instante. Salientou um homem mascarado.
As pessoas começaram a virar o teste e fiz o mesmo mas acabei por me arrepender quando comecei a ler as perguntas. Preferia nem ter virado, estava completamente lixado. Mas que raio de perguntas eram aquelas? E porque não sabia responder a nenhuma?
O pânico instalou-se na minha cabeça. Comecei a olhar à volta para ver como estavam os outros e pareciam estar na mesma situação que eu. Pouca gente estava a escrever e havia uns a tentar fazer alguma trapacice outros tentavam colar dos que estavam concentrados a escrever.
"-Merda, não me resta outra opção."
Olhei para Mitzie a minha ex-parceira de cela e estava a pensar em começar a falar com ela mentalmente, a pedir ajuda. Quando a estava para a chamar, por coincidência olhou para mim e com um erguer de sobrancelhas ela teria percebido que estava a pedir ajuda.
-Hey Mitzie, não estou a conseguir responder a qualquer uma destas perguntas e tu?
Reparei depois no quão distraída estava a sua colega da carteira ao lado a escrever concentrada.
-Oi, Klaus. Que droga de prova é essa? perguntou ela mentalmente.
-Não sei mas isto é muito confuso! Nunca pensei que seria algo tão complicada. Olha para o teu lado, repara como essa moça está a conseguir responder a tudo!- fiz a minha voz ecoar a minha voz na mente de Mitzie.
-Quer que eu pegue as respostas?
-Mas é claro que sim! Por favor, claro.
Permaneci um tempo calado apenas a ler os seus pensamentos, deixando-a concentrar-se na cola. Foi-me então passando mentalmente as repostas e fui escrevendo na folha as respostas à qual ela tinha conseguido.
Depois de me sentir mais calmo e agradecer-lhe finalmente pude descontrair, estava quase tudo feito. Comecei a ler os pensamentos das outras pessoas do lado oposto de onde a moça tinha pegado e as respostas pareciam estar corretas. Faltava agora ajudar o resto da equipe. Comecei a falar primeiro com a Bambi.
-Hey, não te assustes sou o teu colega de equipa Klaus- dirigi-me telepaticamente para Bambi. - Vou ajudar-te e dar-te as respostas às perguntas.
Não foi necessário ler os pensamentos dela para obter a resposta pois ela acabou por responder-me logo , também telepaticamente. Ela possuía o mesmo dom que eu.
Comecei a dizer-lhe as repostas que tinha obtido tranquilamente de uma ponta à outra da sala, visto que ninguém conseguia saber que estávamos a fazer aquilo.
Depois de terminado pedi que ela ajudasse o nosso outro companheiro de equipe.

Poder:
Nível 04 - Neste estágio o telepata já consegue se comunicar com os outros e domina perfeitamente a frequência e qual pensamento escuta.
 
Ações:

Dado 1 - D20: Prova
Dado 2 - D10: Defesa

valeu @ carol!



Última edição por Klaus J. Feuerschütte em Dom Jan 10, 2016 9:05 pm, editado 1 vez(es) (Razão : Mudança de uma palavra que eu esqueci que no Brasil é um insulto e aqui não ;-; .)

● ● ●

avatar
Klaus J. Feuerschütte
the calm before
the calm before

Mensagens : 7
Data de inscrição : 29/12/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 03
Experiência:
50/100  (50/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 8:59 pm

O membro 'Klaus J. Feuerschütte' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'D20' : 13

--------------------------------

#2 'D10' : 4

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Pôncio H. Frömming em Dom Jan 10, 2016 9:56 pm

So
HEAVY


Mexer em sua barba. Nada mais que isso.
Preso ali, não tinha muito o que o rapaz podia fazer. Pôncio nunca imaginou que acabaria ali. Segundo seu pai, ele vinha diretamente da linhagem de Pôncio Pilatus, um dos governantes mais conhecidos de todo o mundo... Talvez o próprio Yahweh tivesse amaldiçoado sua linhagem, e ele estaria pagando por seu antepassado ter sido um filho da puta... Não saberia responder. Talvez nunca soubesse.

De vez em quando, leves concentrações e ele conseguia levitar alguns itens aleatórios, ainda não entendia bem aquilo. Pôncio sempre imaginou que estaria jogado ali para morrer, mas então mais uma vez a porta se abriu, e ele se lembrou que antes de Jesus ser morto pela indecisão de seu tatatatataravô, muita coisa aconteceu.

Arrastado de sua cela, Pôncio nem ao menos se deu ao trabalho de debater ou gritar. Aquilo era quase rotina. Caminhando quase como pacificamente junto aos guardas, ele foi deixado frente a uma fila, onde outros prisioneiros adentravam uma sala, e ele seguiu o ritmo. Talvez fosse uma câmara de gás, ou algo do tipo. Quem ali se importava de verdade?!
Como sempre, a segurança estava reforçada. Bastava um deslize e qualquer um ali dançaria. Ele não queria ser esse qualquer um.

Tudo correu bem, e logo ele se viu sentado em uma cadeira como quem se preparava para a última prova do ano, mas ele sabia que ali seria pior.
Caneta na mão, ele logo percebeu que não tinha as respostas do que era pedido no teste, sendo assim, restou para ele a opção pior: Colar.
Se atentou a todos que estavam nas suas laterais, e ao olhar de banda, percebeu uma folha já bastante preenchida.

O descendente de Pilatus se atentava ao avaliador, e quando podia, tentava adquirir alguma resposta da folha da menina, mas mesmo assim, hora respondia por sua intuição, hora tentava repetir o feito.
Mas infelizmente, só aquilo não estava suficiente. Mais do que copiar respostas, ele decidiu tentar atrapalhar a menina.
Se concentrando mais, em alguns instantes ele tentaria deixar os cabelos da garota mais pesados. Não sabia ao certo o que isso traria como consequência, assim como Pilatus não sabia o que sua condenação traria como consequência a Jesus. Ele só decidiu fazer, enquanto sua folha estava cheia de cola e chutes.
Atributos e Perícia:

Destreza: 6
Força: 7
Inteligência: 7
Carisma: 6
Vigor: 5

■Furtividade: Você sabe se esconder e também mover-se em silêncio sem ser visto.
No mais:

Tentei colar da Zepheryn, e usei a gravitocinese para tornar seus cabelos mais pesados;
Nível 1 – Nesse nível o indivíduo está aprendendo controlar seu dom, com um pouco de concentração ele consegue deixar objetos pequenos/médios 5kg mais leve ou mais pesado.

#DADO1: Post
#DADO2: Ataque
Sorry

● ● ●


Shhh!
♣  All Rights Reserved for Lari
avatar
Pôncio H. Frömming
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 3
Data de inscrição : 04/01/2016

Ficha do Prisioneiro
Nível: 01
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Hunted em Dom Jan 10, 2016 9:56 pm

O membro 'Pôncio H. Frömming' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'D20' : 17

--------------------------------

#2 'D10' : 5

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival I - Prova Rápida

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum