[RP] Behind Three Minds

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP] Behind Three Minds

Mensagem por Thomas Tarwick em Ter Jan 12, 2016 1:27 am



Behind Three Minds
H U N T E D


✖ Usuários: Finn Bennington, Margot Furtwängler e Thomas Tarwick
✖ Status: Está em andamento, restrita para os usuários que foram convidados;
✖ Local: Pátio da prisão;
✖ Conteúdo: Livre para todos os públicos;
✖ Tempo: Atemporal, dias após o evento do Puppeteer, entardecer;
✖ Clima: Ensolarado, porém frio.
✖ Contexto: Margot retornou do evento do Puppeteer. O resto dos detentos não fazia ideia do que ela e os outros onze haviam passado naquele lugar. Nem mesmo os diretores. O que a ruiva viu naquele lugar a fez querer se aproximar mais de seu amigo Thomas Tarwick. Enquanto isso, Finn faz seu papel como bom observador.
@DFRabelo

● ● ●

Would u go out of your way to live by the words that I will say?
avatar
Thomas Tarwick
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 34
Data de inscrição : 30/11/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 16
Experiência:
70/100  (70/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Behind Three Minds

Mensagem por Margot W. Furtwängler em Ter Jan 12, 2016 2:47 am




purpose




You got your hazard lights on now, hoping that somebody would slow down. praying for a miracle. who'll show you grace?
A extremidade superior do objeto esbranquiçado e poroso deslizava como algo leve e sutil, criando tracejados que dariam vida a assas e, mais adiante, a pássaros, presos e infelizes em meio ao cinza que lhe cercava o olhar. Todavia, havia apenas algo, ou, neste caso, alguém ali que lhe proporcionava uma válvula de escape de tanto vazio, e ele estava exatamente ali, ao seu lado.

Formatações de aves eram finalizadas e direcionadas à parte superior do muro, como se pudessem escapar dali a qualquer momento, exceto pelo fato de que estavam tão presos quanto os dois detentos que os observavam. O sorriso lhe surgia nos lábios como um desenho onde os dentes eram ocultados pelos lábios rosados e, as covinhas instaladas nos canto de suas bochechas como pequenos detalhes de sua feição alegre, acompanhadas pela disposição de pontos alaranjados, assim como seus cabelos, por toda a face.

Os traumas das visões memorizadas e provenientes do evento patrocinado por Puppeteer lhe perturbavam, obrigando-a a ter de encontrar uma forma para fugir daquilo, algo que lhe retirasse todo o medo que sentia e que lhe mostrasse que tudo havia passado, e, principalmente, que tudo estava bem.

E ele estava ali, novamente, atencioso e estranhamente interessado em seus desenhos de significados internos e imaginários. Ambos sentados sobre o solo concretizado, retirando-a de sua criatividade, amarrando-a ao mundo real e ao seu acompanhante. Possuía uma necessidade inexplicável de tê-lo por perto, temendo perdê-lo. Thomas tornara-se alguém essencial em sua vida após tantos súbitos acontecimentos.

- Olha Tarwick, terminei. – Disse sorridente, largando o giz sobre o solo e juntando as palmas de suas mãos, deslizando uma na outra como se as limpasse. – Agora você pode me ajudar a dar nomes a eles, o que acha? – Voltou o olhar para o loiro, animada com a ideia de denominar os três pássaros que desenhara.

Contudo, o suspiro lhe escapou por entre os lábios, os diminuindo a uma parte normal de seu corpo, quieta e inexpressiva, por um breve momento. Logo, o olhar fora direcionado ao giz que repousava sobre o concreto e os ombros se encolheram como se retraíssem sob o olhar do rapaz em sua frente, como se estivesse vulnerável à presença dele, vulnerável à necessidade de tocá-lo sem que pudesse fazer isto.

- Às vezes esse poder me atrapalha muito, sabia? Quando quero abraçar alguém eu não posso, pois a qualquer momento eu poderei matar a pessoa de tanta dor. – Suspirou, deixando que a ponta de sua língua umedecesse seu lábio inferior em uma representação de mania. Os dedos eram estalados pelos da outra mão. – Você gosta do seu poder? – Eleva apenas o olhar, o espiando com certo receio, analisando os traços que desenhavam o seu rosto, desejando guardá-los em sua mente.





● ● ●


myself
Take me away to some place real.'Cause they say home is where your heart is set in stone. Is where you go when you're alone. Is where you go to rest your bones. It's not just where you lay your head, it's not just where you make your bed. As long as we're together, does it matter where we go?
avatar
Margot W. Furtwängler
the calm before
the calm before

Mensagens : 54
Data de inscrição : 15/12/2015
Idade : 19
Localização : Cela 037.

Ficha do Prisioneiro
Nível: 12
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Behind Three Minds

Mensagem por Thomas Tarwick em Qui Jan 14, 2016 1:02 am


Do I Wanna Know?
I know what it takes to move on
I know how it feels to lie
All I wanna do
Is trade this life for something new
Holding on to what I haven't got.

Nos últimos dias, Thomas e Margot estavam mais próximos, o motivo era desconhecido pelo manipulador, mas nutria pela garota um sentimento forte e positivo, gostava de sua presença, adorava ouvir sua voz, seu riso, então a ideia de questioná-la sobre o motivo de tal aproximação nunca havia passado pela sua cabeça.

Estava sentado observando a ruiva desenhar, apreciando as linhas que a mesma fazia com o giz sobre a parede de concreto, fazendo um desenho surgir a partir de formas e linhas. Os olhos do homem intercalavam entre os cabelos acobreados da garota e o desenho que a mesma fazia. Era possível ver um sorriso no canto direito dos lábios de Thomas.

A presença dela era muito benéfica, podia até se dizer que Thomas se via como seu protetor, devido à aparência frágil e inocente da garota que fazia o manipulador instintivamente sentir a necessidade de protegê-la tanto fisicamente quanto mentalmente, não a deixando se abalar por nada.

Sorriu mais abertamente ao ver o desenho completo, parando também para analisar o sorriso sincero de Margot, sentindo algo dentro de si agitar-se, enchendo os pulmões e suspirando em seguida. Ouviu sua sugestão em nomear cada um do trio de pássaros que haviam sido desenhados e, apesar de estranhar a ideia assentiu silenciosamente.

Thomas não entendia muito de arte, mas sabia que a mente humana estava condicionada a denominar suas criações. Essa condição estaria associada à sensação de poder, por mais inocente que fosse, escolher a forma que aquilo irá ser chamado demonstra indiretamente que os créditos da existência daquilo pertence a você. Assim como uma criança põe o nome em sua boneca, ou um humano põe o nome em seu animal de estimação.

Afastou esses pensamentos então reparou a expressão triste no olhar da ruiva, sentindo um pequeno aperto em seu peito. Havia feito algo errado? Prestou atenção assim que Margot começou a falar, olhando em seus olhos, se distraindo momentaneamente pelas sardas em suas maçãs do rosto. Sentiu a dor na voz da detenta, junto sentiu pena.

Realmente, Thomas fora abençoado com um poder fantástico, podia fazer qualquer pessoa o obedecer com algumas palavras. É claro que haviam efeitos colaterais, como por exemplo a morte de seus pais por causa de um ataque de fúria, mas em geral o poder lhe trouxe apenas coisas boas. Já Margot, graças ao seu poder ela não podia ter contato físico com ninguém, o que, deduziu Thomas, atrapalharia qualquer relacionamento pessoal que a garota viesse a ter. Pensando nessas condições, o loiro olhou nos olhos da garota e disse em um tom sério:

-Eu amo meus poderes.
– Admitiu – Mas eu imagino como você se sente, Margot. – Diz apoiando as mãos no chão e se deslocando para se aproximar mais alguns centímetros da ruiva, logo em seguida pousando a mão em sua coxa direita, por cima do tecido de seu vestido, sem malícia alguma – Você sabe que pode me tocar se quiser, certo?




FIRST TAG | SECOND TAG | THIRD TAG



● ● ●

Would u go out of your way to live by the words that I will say?
avatar
Thomas Tarwick
the stuck-ups
the stuck-ups

Mensagens : 34
Data de inscrição : 30/11/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 16
Experiência:
70/100  (70/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Behind Three Minds

Mensagem por Finn Stine Bennington em Sex Jan 15, 2016 4:36 pm




”Don't come closer or I'll have to go. Holding me like gravity are places that pull”
All Rights Reserved for Flawless


Os primeiros dias do transmorfo na prisão haviam sido bem produtivos. Como era apenas mais um detento, não atraía olhares dos outros, sempre passando de cabeça baixa e encolhido, como se temesse o que cada um poderia fazer com ele ali. Mas por dentro o loiro estava morrendo de rir. Enquanto todos achavam que Finn não era uma ameaça, o garoto apenas estava coletando informações que considerava importantes sobre os outros prisioneiros ali.

Aprendeu isso durante a sua vida, humanos andam com o nariz empinado e nunca olham para quem está abaixo deles. Desse modo o transmorfo havia conseguido algumas informações valiosas sobre a vida pessoal de alguns detentos e seus planos de fuga. Sem tirar os méritos de seu poder que contribuía ampliando a sua capacidade auditiva.

Depois de uma semana com tal comportamente passivo e submisso, achou que estava na hora de liberar seu potencial, então saiu de sua cela de cabeça erguida e com um sorriso no rosto. Havia reparado especialmente em um casal durante a semana. Uma ruiva de cabelos volumosos que sempre trajava um vestido personalizado e um homem alto com uma postura impecável, sempre na cola da garota.

Sabia que não devia se intrometer na vida dos outros sem ser chamado, mas com as histórias que ouviu sobre essa tal de “Solitária”, esse detento “Puppeteer”, e um tal “evento de natal”, achou que seria melhor praticar uma boa ação para o casal.

Identificou onde a ruiva e o loiro estavam, não dando muita atenção aos outros detentos que vagavam pelo pátio. Parou a uma distância de dez metros, cruzando os braços e abrindo um sorriso enquanto encarava a garota penetrantemente. Os caninos começaram a apontar como os de um guaxinim, então se manteve ali, como uma estátua.

avatar
Finn Stine Bennington
the calm before
the calm before

Mensagens : 4
Data de inscrição : 28/12/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Behind Three Minds

Mensagem por Margot W. Furtwängler em Ter Jan 19, 2016 4:49 pm




purpose




You got your hazard lights on now, hoping that somebody would slow down. praying for a miracle. who'll show you grace?
Imobilizados, os olhos sustentavam a relação estabelecida entre ambos os sentidos ópticos, tão firmes que nem mesmo a timidez possuiu lugar em meio àquela cena. A atenção era totalmente transmitida às palavras proferidas pelo maior, as quais ecoavam por sua mente, sendo repetidas diversas vezes. “Claro que imagina.” Ele mais do que qualquer um tinha o conhecimento da frustração que a ruiva sentia com relação ao seu poder, afinal, Thomas era a pessoa mais próxima de Margot desde que esta voltara do show do Puppeteer.

Todavia, os olhos ousaram migrar de seu destino anterior para que, curiosos, observassem o contato por sobre seu vestido, onde a mão alheia repousava respeitosamente e com um toque acolhedor que a fazia sentir segura. Ela confiava em Thomas e isso era o bastante. No entanto, as bochechas não deixaram de adquirir o velho e costumeiro rubor, envolvendo as sardas por meio da vermelhidão momentânea.

A alemã assentiu, guardando as palavras do persuasor e pensando, rapidamente, em acatá-las, porém lembrou-se de quais seriam as consequências daquilo e então apenas se encolheu, juntando as pernas ao seu tronco e recostando as costas sobre o concreto que formatava o muro. Apoiou o queixo em meio aos joelhos e observou o nada, a direção frontal onde pessoas iam e viam. Pigarreou antes de dizer qualquer coisa:

- Sim, eu sei. Mas eu não posso, Tarwick. – Ergueu o olhar para que encontrasse o semblante do rapaz, perdendo-se ali. – Eu nunca te machucaria, ainda mais por conta do meu poder. – Suspirou, pressionando os lábios um contra o outro como se aquilo amenizasse o que sentia em tal momento. – Mas eu ainda acho que deve existir alguma forma de reverter isso ou quem sabe de evitar que eu machuque as pessoas. Precisa existir uma forma, afinal, não faz sentido. Algumas pessoas podiam me tocar e agora eu não posso tocar em mais ninguém. – Atenta, o analisou, deixando que seus olhos encontrassem os dele. – Você acha que existe alguma forma, algum antidoto ou sei lá, alguma coisa que me permita tocar em alguém sem machucar essa pessoa?

Esperança e confiança eram aplicadas em seu tom de voz, assim como em seu olhar, o qual se dirigia ao loiro e logo após o fim de seu pronunciamento retomavam a direção defronte ao seu corpo. Fitando a movimentação do recinto, percebeu que uma figura masculina se mantinha como uma estátua a uma distância de onde a ruiva precisava semicerrar os olhos, forçando a visão para que enxergasse os estranhos dentes dele e o seu olhar que parecia estar fixo nela. “Ué, será que ele está olhando mesmo para mim?”

A confusão não fora excluída ou escondida de seu rosto e, assim, ergueu o indicador destro para cutucar o ombro de Thomas, por cima de sua camisa, é claro. Sem sequer desviar o olhar do estranho ela o chamou baixinho, puxando-o pelo traje logo em seguida:

- Tarwick. Ei! Olha ali. Acho que aquele garoto tá olhando pra gente. – O sussurro cheio de desconfiança e estranhamento lhe escapara pelos lábios. No mais, continuou a puxá-lo. – Olha os dentes dele, são como os de um bichinho. Quem será ele? – Franziu o cenho, não ousando desviar o olhar do loiro ao longe, examinando suas expressões e gestos que no momento se mantinham estáticos.





● ● ●


myself
Take me away to some place real.'Cause they say home is where your heart is set in stone. Is where you go when you're alone. Is where you go to rest your bones. It's not just where you lay your head, it's not just where you make your bed. As long as we're together, does it matter where we go?
avatar
Margot W. Furtwängler
the calm before
the calm before

Mensagens : 54
Data de inscrição : 15/12/2015
Idade : 19
Localização : Cela 037.

Ficha do Prisioneiro
Nível: 12
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP] Behind Three Minds

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum