[Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Sab Jan 16, 2016 8:39 pm



Survival!
H U N T E D


Survival II – Floresta Proibida

Uma única equipe em frente a um portão metálico, este que levaria para dentro de uma floresta gigantesca, escondendo mistérios e perigos a sua volta. A sorte de sobreviver naquele ambiente era mais difícil do que cada indivíduo pudesse imaginar. Em frente da entrada havia um homem escondendo a identidade, sua voz era distorcida e ele era quem passaria as informações para a próxima etapa. – Detentos, vocês precisam conseguir uma pedra vermelha e uma pedra azul e chegar ao centro da floresta, entrar na torre e subir em seu topo.  – Revelou o homem enquanto ele olhava para o relógio e mentalmente contava o tempo para abrir o portão. Em cima deste havia um cronômetro e ele descia vagarosamente, indicando que o começo do fim estava próximo. – 3... 2... 1... – Um apito ecoou e todas as entradas foram abertas, permitindo que todas as equipes pudessem iniciar sua nova jornada do evento.

Extras

A segunda etapa vai consistir em sobrevivência. É essencial que sejam criativos, pois esta fase é narrada. O primeiro post vai ser uma introdução, de vocês chegarem e então adentrarem a floresta proibida em busca de chegar ao centro do ambiente, pois nele existe uma torre alta, mas que não pode ser vista por estarem cercados de arvores gigantescas. Cada equipe estará com uma pedra, seja ela vermelha ou azul. O objetivo final é conseguir as duas, mesmo que para isso tenha que eliminar uma equipe adversária.

Vocês deverão lançar a quantidade de dados a baixo, mas todos devem ser D10.

Dado 01 – Acontecimentos com o personagem.
Dado 02 – Chance de encontrar inimigos.
Dado 03 – Combate.

Dados extras podem ser lançados em caso de buscas de alimentos, água, arma ou de ações como fazer fogueira, fazer veneno, construir armadilha, procurar abrigo. Lembre-se: deve ser lançado um dado por ação diferente.

Situações

Equipe com a pedra vermelha.

Equipe 007:
Keith:
HP: 100/100.
Combate: 00.
Fome: 00%.
Sede: 00%.
Itens: Uma foice.
Status: Intacto.

Aloysius:
HP: 100/100.
Combate: 00.
Fome: 00%.
Sede: 00%.
Itens: Uma mochila com quatro laranjas.
Status: Intacto.

Nathaniel:
HP: 100/100.
Combate: 00.
Fome: 00%.
Sede: 00%.
Itens: Uma faca pequena.
Status: Intacto.

Alfie:
HP: 100/100.
Combate: 00.
Fome: 00%.
Sede: 00%.
Itens: Nenhum.
Status: Intacto.

Informações Finais

O post pode ser editado caso seja necessário, mas a preferência é evitar.

No final de sua narração coloque observações que sejam essenciais para a avaliação. Um exemplo é citar suas ações, o que tentou fazer, como fez e etc.

Sejam criativos com o que vão fazer, isto vale bastante.

O post tem um prazo de uma semana. Podendo postar até o dia 20/01/2016 às 19:00 ou então até o narrador postar.

Qualquer dúvida poderá ser mandado MP ou então perguntar no Chatbox.
@DFRabelo

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Alfie Dewhurst Oakhartly em Ter Jan 19, 2016 6:24 pm

Try again, fail again,
fail better
O quebrar da caneta do garoto a sua dianteira distraia o moreno ainda mais do necessário voltando com ele para a superfície a qual estavam, precisava responder todas aquelas questões e no total de Alfie ainda faltava muitas. Pouco se passava das dezoito horas e o rapaz possuía a superfície da mão gélida –  esquerda – o apoiava no couro cabeludo, o nervosismo atacava o homem com frequência, ainda mais quando era algo a que podia se comparar ao passado, e por qualquer mínimo deslize poderia ser desqualificado da atual prova. Colocava no papel as respostas recentemente adquiridas pelo conhecimento de Antoine, não muitas, contudo suficiente para seu nome não ser articulado junto com os outros oito que se retiravam da sala, a porta se fechava atrás do último convocado, consequentemente abafando todo som cujo poderia ser causado do outro lado. Aliciou o ar comprimido ao pulmão com um alto suspiro, fazendo uma pressão contra os olhos fazendo-os fechar, assim que descerrado novamente era capaz de ver apenas a luz gerada do próprio copo e todo a ânsia e stress omitido fluía a sua pele cada vez em um brilho com intensidade cada vez mais suprema; a distração no momento se tornava ainda maior; e assim foi quando por fim não viu mais nada, ao menos sentiu.

.
.
.

O homem não podia demonstrar sua emoção por estar desta vez acompanhado, contudo feliz não estava. Os lábios que antes em uma linhagem retilínea inexpressiva se recusavam a adulterar, permaneciam imóveis, dessemelhante aos olhos que perfazia ao longo dos outros quatro que permaneciam pertos sem deixar os olhos descansar sobre eles, de mesmo modo que se deixava apreciar a floresta por trás do homem deformado. O corpo sentia a presença do lugar como quase uma recordação, portanto a única vez a qual aventurava sua constituição física a alguma peripécia fora no natal – o evento que todos convocados para que ainda pudesse sentir os pedaços do corpo se rompendo, desfazendo-se ao circulo natalino, onde sem dúvidas a projeção havia sido concreta o suficiente para vivenciar seu falecimento  – em vários circuitos funestos. O campo de visão pousava no único cujo não havia identificação que bastasse para decretar ao menos o sexo, estático, Alfie possuía certeza de que aquele indivíduo permaneceria inerte; tomou a falar onde sua voz indiferente as outras produções de Hunted era deformada.

Após a liberação do portal o último ruído que pode ouvir era sua respiração, e pouco que sabia era quem era e que faria o possível para viver e encontrar uma – maldita – pedra similar a que antes lhe deixavam as mãos, nada relacionado aos itens adquiridos pelos parceiros; ele realmente não havia ganhado nada. Atravessou na frente dos outros participantes e por uma boa parte da entrada, correndo os olhos por toda superfície com mais foco a qual se tocava os pés. — Me chamem de Alfie. — Informou ele deveras conciso, vedando o punho – que continha o cascalho avermelhado – com os dedos, desviando olhar para ela quando novamente tornava-a visível, e aquele tom de vermelho se transmudava a coloração a algum tipo de musgo.  O mais velho arremessou a rocha para um dos outros homens a qual o acompanhava e o que menos o causava conexão. — Se vamos fazer isso juntos, que comecemos bem.  — Dito isso, vislumbrou o rosto moreno que agora possuía o pedaço de pedra, cujo ainda não havia se dado a ocupação de sustentar um contato visual previamente, assim como fizera com os outros. O único conhecimento do mais velho era sobre serem dois morenos e uma loira, trajando ao mesmo que si próprio, sem dúvida eram apenas outros prisioneiros. Sem conseguir conter os passos ele se aproximava do homem, cujo possuía dons sobre as trevas, o suficiente para conseguir sentir seu poder exalar na pele. — Consegue fazer algo? — Zombeteiro provocou o rapaz com as palavras, mantendo a sobrancelha pouco elevada, sem alterar o tom da voz, afinal era Alfie, o garoto que estava sempre a disposição da estimulação alheia. O americano sabia que o outro possuía mais força que o esperado, mesmo com isso não recuou, estava disposto a concluir o propósito e provavelmente só realizaria com a presença daqueles outros três detentos. Caso precisasse ser assim, seria assim.

informações:
Ações // Informações.
Usou o poder para modificar a cor da pedra. Atual cor da pedra: verde.

Atributos // Perícias
Destreza:7
Força:7
Inteligência: 6
Carisma:4
Vigor:6
Resistência à Tortura, mestre.

Poderes // Habilidades
Nível 06  – É possível modificar a cor de objetos pequenos e médios os quais tocar, podendo confundir seus adversários.

Dados // Indicações.
Dado 01 – Acontecimentos com o personagem.
Dado 02 – Chance de encontrar inimigos.
Dado 03 – Combate.
Fotocinese || 4 || Survival 007
avatar
Alfie Dewhurst Oakhartly
the great danger
the great danger

Mensagens : 22
Data de inscrição : 12/12/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 09
Experiência:
50/100  (50/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Ter Jan 19, 2016 6:24 pm

O membro 'Alfie Dewhurst Oakhartly' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'D10' : 6

--------------------------------

#2 'D10' : 8

--------------------------------

#3 'D10' : 8
avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Nathaniel Möunttcasp em Ter Jan 19, 2016 7:59 pm



Your pain is MY victory
Dark Blood



A tentativa de cola aparentemente fora bem sucedida. Nenhum dos seguranças notou a manobra do jovem umbramancer, que se deliciava com a palidez de sua vítima. Alguns detentos foram chamados para comparecerem ao corredor, deixando apenas alguns rapazes e algumas moças apreensivos e um pouco amedrontados. Quando tudo parecia estar na mais perfeitas ordem, o cenário se modificou e o ar se comprimiu.

As carteiras se esticaram e contorceram as estruturas metálicas de maneiras fisicamente impossíveis. Logo, toda a sala adotou o movimento elouquecedor e espiralante, até que a projeção se mudou. O gêmeo Möunttcasp estava de frente para um portão gigantesco. Ao que parecia, ele e mais alguns detentos tiveram o azar de passar na primeira etapa do insano desafio.

A tenebrosa voz do locutor de atividades encheu os ouvidos do canadense, que estreitou os olhos e encarou dois garotos e uma moça. Ao que parecia, eles seriam um time. "Que ocasião mais inoportuna para criar laços. Especialmente agora que minha renascença sombria está tão próxima".

O companheiro que estava próximo a Nathaniel jogou um objeto em sua direção e se apresentou. Alfie. Não era um título honorável ou mesmo o nome de algum imperador, mesmo assim ele fala com propriedade e liderança. Cabia ao jovem receptáculo das sombras obedecer tais comandos.

— Muito prazer, Alfie — ele sorriu e olhou para a pedra verde. — É claro que sei fazer algo. Apenas... observe.

Ele respirou fundo e fez um casulo com as sombras que pulsavam em seu corpo. Daquela forma, a pedra ficaria bem oculta. O outro rapaz, que carregava uma mochila, observava a tudo silenciosamente.

— Me empresta isso? — ele apontou para o que o ovem carregava e retirou as alças de seus ombros somente para colocar a pedra entre os mantimentos. — Precisamos seguir para o centro desse lugar. Se pudermos achar alguma fonte de água, será ótimo. Nesse meio tempo, fiquem atentos com os outros detentos. Eu detestaria desperdiçar minhas sombras com esses ratos estúpidos.

ações:
usar as sombras para ocultar a pedra e esconder na mochila.

atributos:
Destreza:8
Força:6
Inteligência: 10
Carisma:11
Vigor:5

perícias:
Furtividade: Mestre
Acrobacia: Mestre
Rastreio: Mestre

poder:
✖ Nível 01 - Neste nível o umbramancer pode expandir a sombra e fazer com que áreas fechadas sejam tomadas pelo breu, conseguem escurecer até 15 m², além disso, possuem visão noturna.

OBS: usado para ocultar somente a área referente à pedra, mais nada.

Dados:
Dado 01 – Acontecimentos com o personagem.
Dado 02 – Chance de encontrar inimigos.
Dado 03 – Combate.


Thak's for@Lovatic, on CG



Última edição por Nathaniel Möunttcasp em Qua Jan 20, 2016 1:35 pm, editado 1 vez(es) (Razão : editar para colocar o poder, sorry T.T)

● ● ●

avatar
Nathaniel Möunttcasp
the calm before
the calm before

Mensagens : 25
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 09
Experiência:
25/100  (25/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Ter Jan 19, 2016 7:59 pm

O membro 'Nathaniel Möunttcasp' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D10' : 7, 4, 9

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Keith Marie Pannetiere em Ter Jan 19, 2016 9:33 pm

Welcome to the jungle

Keith havia acabado de abaixar sua caneta quando olhou para os lados em busca de algum sinal do que aconteceria depois dali, mas todo mundo continuou em suas posições, alguns haviam terminado, outros ainda escreviam. Zachary havia passado as respostas para ela e quando recolheram as provas, Keith esperou pelos resultados. Bateu a caneta contra a mesa, assoprou algumas mechas do seu cabelo, fez de tudo para passar o tedio. Depois de um tempinho, Keith se virou para observar conforme o grupo de avaliadores se aproximava da frente da sala, um deles com uma lista de papel nas mãos. O homem começou a falar nomes de quem havia sido reprovado e Keith esperou ouvir o seu, se surpreendendo quando ele finalmente chegou ao final e não chamou por ela. A menina olhou para os lados tentando perceber qual era a reação dos outros detentos com o resultado e não pode deixar de sentir uma única coisa: Felicidade. Um sorriso de canto se abriu no rosto da menina quando percebeu que ninguém da sua suposta equipe havia sido chamado também.

Keith se posicionou melhor na cadeira, mas então pensou que enlouqueceu. O cenário começou a se desfazer diante dos seus olhos, o mundo começou a cair em escuridão e apenas um fundo negro pode ser visto. O mundo girou e aos poucos tudo a sua volta começou a se deformar até explodir em pedaços de nada. Keith sentiu a cabeça pesar e então sua visão foi perdendo o foco. No segundo seguinte, a menina ficou inconsciente.


[...]


Keith estava parada de frente para um enorme portão metálico que parecia separar o local onde estava de uma enorme floresta. Seus olhos estudaram um pouco a paisagem diante de si, mas era impossível enxergar alguma coisa com tamanha escuridão que cercava as árvores. Não era um local exatamente convidativo. Keith percebeu também a presença de um homem vestido em um capuz que – mesmo com os esforços da loira para enxergar – tinha o rosto completamente mascarado pelas sombras. A menina olhou para os lados, analisando rapidamente sua equipe e se encontrou diante de três garotos, coisa que a deixou mais confortável. Pelo menos são todos garotos, pensou consigo mesma. Já era um ponto positivo para aquele pesadelo.

A atenção de Keith foi completamente tirada quando um som distorcido – uma voz – começou a soar, esta vinda do homem encapuzado que guardava o portão, fazendo com que a menina simplesmente ficasse calada e escutasse. A loira prendeu a respiração, ouvindo atentamente as instruções da voz horripilante:

– Detentos, vocês precisam conseguir uma pedra vermelha e uma pedra azul e chegar ao centro da floresta, entrar na torre e subir em seu topo.

Ele falou simplesmente, fazendo com que a garota franzisse a testa. Sobre a cabeça da figura brilhava um painel, onde havia uma contagem regressiva, provavelmente sincronizada com o relógio de pulso que o homem olhava de tempos em tempos. Keith se virou na direção da sua equipe quando um dos rapazes se apresentava como Alfie, o outro como Nathaniel. Keith se aproximou dos dois e então acenou, conforme via o garoto Alfie pegar a pedra e fazê-la mudar de tom diante dos seus olhos, adquirindo uma coloração esverdeada. O outro rapaz, Nathaniel, usou do seu poder para envolver a pedra de sombras e mascará-la, colocando-a na mochila, junto do terceiro garoto que ainda não havia se apresentado. Os olhos da menina passaram curiosos sobre os três e então decidiu falar antes que ficasse estranho. Limpou a garganta.

-Eu sou Keith. –Se apresentou, olhando estranho para o homem encapuzado quando ele lhe entregou um machado. A menina olhou para o objeto em suas mãos e então voltou a observar seus companheiros. Sorriu. -Acho legal dizer desde já que eu consigo me transformar num demônio e levantar até 500 kg. –Tossiu, como se aquilo não fosse nada demais. Sorriu de canto. -Eu dou cobertura pra ninguém chegar perto dessa mochila, mas eu concordo plenamente com o que Nathaniel disse, precisamos tentar encontrar coisas que nos ajude a sobreviver lá dentro: água, comida, madeira pra uma fogueira... –Continuou, olhando aflita para o relógio que se aproximava cada vez mais do número zero. -E outra: Acho bom tentarmos chegar na torre e não nos preocuparmos com encontrar uma pedra. Todos tem que ir para a torre no final das contas, certo? Achamos a torre, achamos a pedra azul. –Terminou com a lógica, girando o machado em suas mãos. Seu pai costumava usar um parecido com aquele quando cortava lenha. -E o que vocês fazem?

O sinal de um relógio apitando soou e então os portões metálicos se abriram, dando espaço para que o grupo pudesse andar em direção á floresta escura. Keith engoliu em seco, segurando seu machado nas mãos e então olhou para seu grupo, escutando rapidamente o que eles tinham a dizer. Fotocinese, Umbracinese e Telecinese. Ótimo, agora eles tinham que dar um jeito de fazer isso funcionar como uma equipe. A menina então passou a caminhar em direção aos portões, junto de sua equipe que logo adentraram a floresta sombria. Keith se manteve o tempo todo ao lado do rapaz que carregava a mochila, atenta a possíveis ataques e também em busca de barulhos de água corrente ou algum tipo de árvore frutífera.

O lado bom era que “se virar em uma selva” era algo simples quando alguém vinha da cidade natal de Keith. Mais um dia de caça, mais um dia no meio das árvores, era quase mais um dia em casa. A menina manteve-se também atenta para possíveis trilhas ou caminhos que indicassem a clareira central da floresta, onde ela supunha estar localizada a tal torre. Manteve o machado firme em suas mãos, a postos para qualquer situação de ataque em que tivesse que ter agilidade em se defender.

Ações:

Dado 1: Acontecimentos com o personagem.
Dado 2: Chance de encontrar inimigos.
Dado 3: Combate.
Dado 4: Busca por alimentos.
Dado 5: Busca por água.
Dado 6: Busca por trilhas ou sinais que indiquem a clareira central.

atributos e perícias:

Destreza 05
Força 10
Inteligência 08
Carisma 03
Vigor 04

Psicologia (amador)

Status do prisioneiro:

HP: 100/100.
Combate: 00.
Fome: 00%.
Sede: 00%.
Itens: Uma foice.
Status: Intacto.

poderes:

Nenhum poder foi utilizado.


● ● ●


hit me like a man & love me like a woman


 
avatar
Keith Marie Pannetiere
the great danger
the great danger

Mensagens : 48
Data de inscrição : 29/12/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 01
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Ter Jan 19, 2016 9:33 pm

O membro 'Keith Marie Pannetiere' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D10' : 3, 8, 7, 6, 1, 3

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Aloysius Blaszczykøwski em Qua Jan 20, 2016 9:05 pm

I pray, oh, my God, do I pray
I pray every single day
What's going on?
Oito nomes. A fala rompia o silêncio pelo soar por oito nomes de aproximadamente quarenta, cujo assistia no mesmo cubículo. A caneta colidia sobre a madeira na falta de um movimento regular, ocupando-me a cabeça na mesma proporção que meu corpo omitia, seja qual fosse, aflição. Alojaram-se sobre os pés os convocados, não obstante sem o trabalho de manter o contato visual – permanecendo com a cabeça baixa durante todo o percurso dos outros detentos – o último vulto vislumbrado era o fechar da abertura de acesso a saída, novamente nos passávamos por presos como se algum dia já estivesse mudado tal conceito. A fonte luminosa cessou, a partir de então não conseguia alcançar nada, muito menos meus movimentos.

***

O abrir dos olhos era o mais importante. A visão não possuía foco pela ausência da claridade anterior, pressionava os olhos no proposito de uma funcionalidade maior ao cenário, que de fato aconteceu, sem embargo  não parecia estar desperto. Leve dores se passavam pelo corpo devido a posição anterior a qual havia me colocado, não que fosse de alguma forma inteligente a acomodação, contudo a mais confortável que conseguiria em uma cadeira de tamanha solidez. Localizava-me junto com outros participantes no total éramos quatro, em ressalva ao incógnito estático a frente de grades metálicas que nos privatizava de uma ampla floresta. A probabilidade de que estaríamos no interior da mata era superior as minhas expectativas, ou melhor, a qualquer outra. "Detentos, vocês precisam conseguir uma pedra vermelha e uma pedra azul e chegar ao centro da floresta, entrar na torre e subir em seu topo.", o gargalho surgia aos meus lábios ao momento que lutava contra sua escapatória., não que fosse algo a qual fazia com continuidade, mas sim uma parte do meu eu se sentia triunfado pela descoberta. A atenção do homem era totalmente desviada a um objeto no pulso, ele marcava as horas como algo absolutamente necessária onde começou sibilar números em certos intervalos – segundos, talvez – quando finalmente o som esganiçado anunciava o início do fim, onde o fim nada mais é que um novo começo.

Corria a mochila pelos ombros antes de adentrar a mata junto com os outros candidatos, de maneira evidente equipe não era algo a que eu considerasse satisfatório. O silêncio nos acompanhava por pequena extensão do percurso, onde o primeiro ruído dentro da floresta desviava minha atenção em vislumbro do rosto do moreno. Eu o conhecia. E como o conhecia. Os poucos momentos em que costumávamos nos encontrar para as contantes possibilidades de intensas fodase que fodas, puta que pariu. Dei mais alguns passos, tomando proximidade, mantinha-me perto o bastante para alcançá-lo com os braços em um abraço forte e acolhedor, então finalmente desferia um beijo em bochecha e antes de me afastar outra vez. — E-e-eu sou Funeb... — Aquilo fora o suficiente para me dar conta a comprimir as palavras e, acrescentar, sem alterar o tom de voz. — Aloysius. Eu sou Aloysius. — Informava desta vez sucinto, reforçando meu caráter verdadeiro sobre o que desejava proclamar.  Os outros nomes se revelavam ao pouco a que meus ouvidos se acostumasse com a intensidade das vozes alheias. A loira que mesmo naquele maldito uniforme, parecia exibir um belo corpo, era Keith. O outro por sua vez, conhecido por face de extrema branquidão e uma corpo apreciável em demasia, era Nathaniel. Keith e Nathaniel. Keith e Nathaniel. Reforçava os nomes no intuito de não esquece-los com o longo da trajetória. E caso, mesmo assim ocorresse, garota loira e gostoso serviriam perfeitamente.

Uma divisão de afazeres era clara entre nós. Não precisávamos dizer muito. Éramos sobreviventes natos. O primeiro a agir, fora meu querido garotão. Suas mãos envolveram uma pedra, tornando-a verde diante dos olhos. Aquilo já não me encantava mais conhecendo todo poder inibido pelo homem. Nathaniel, por outro lado, ocultava aquela do campo de vista de todos, seria interessante um garoto com tantas trevas se lidar com um provocador da luz. Era minha vez. Minhas passadas, sempre de maneira sagaz, tomava companhia junto dos outros. Ia a procura de manter-nos vivos, afinal, este era o principal objetivo, não? Possuíamos uma mochila, uma foice e uma faca, agora só precisávamos de obter alimentos, lenha e localizar um reservatório com água. A superfície era seca mesmo com tamanho porte e variedade de vegetação, provavelmente alguma geraria água um dos itens daquela lista, e para finalizar um segundo, a lenha. Meus olhos se corriam pela dimensão adquirindo seus mínimos detalhes, este era nosso ponto de partida e nosso desígnio uma torre. Não seria difícil achar algo de cobertura ampla e elevada.

Informações Adicionais:
Atos:
Dado #10: acontecimentos com o personagem;
Dado #10: chance de encontrar inimigos;
Dado #10: combate;
Dado #10: tentativa de achar a torre;
Dado #10: busca por água;
Dado #10: busca de alimentos.
Atributos:
Destreza: 05;
Força: 08;
Inteligência: 08;
Carisma: 04;
Vigor: 06.
Habilidades:
Furtividade: você sabe se esconder e também mover-se em silêncio sem ser visto.
765 words. funebribus.
avatar
Aloysius Blaszczykøwski
the boredom killers
the boredom killers

Mensagens : 17
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 03
Experiência:
0/100  (0/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Qua Jan 20, 2016 9:05 pm

O membro 'Aloysius Blaszczykøwski' realizou a seguinte ação: Lançar dados

#1 'D10' : 8

--------------------------------

#2 'D10' : 6

--------------------------------

#3 'D10' : 7

--------------------------------

#4 'D10' : 8

--------------------------------

#5 'D10' : 2

--------------------------------

#6 'D10' : 5
avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Qui Jan 21, 2016 7:24 pm



Survival!
H U N T E D


Survival II – Floresta Proibida

Alfie tomou a linha de frente, seguindo um trajeto normal. O homem recebeu um corte na bochecha ao tentar passar por de baixo de uma arvore, mas nada que o incomodasse tanto.

Nathaniel estava logo atrás, camuflando a pedra em sua mochila, após ter sido mudada de cor. Os rapazes foram espertos, mas algo dizia que aquilo não funcionaria para sempre. O garoto avançou e tropeçou numa pedra de tamanho médio, se desequilibrando e caindo, este bateu a testa no chão, causando vermelhidão e fortes dores.

Keith percorreu caminhos normais, mas não teve sorte em encontrar nenhuma trilha, sendo impossível achar água ou qualquer coisa na região que caminhava. A garota caminhou entristecida com a falha, mas viu uma banana pendurada numa arvore, esta tinha um tamanho médio, mas poderia ser útil para se alimentar, então esta o pegou.

Aloysius avistou de longe a torre, parecia ter sido o único a ver o topo dela, pelo menos em sua cabeça era o lugar e não uma ilusão ótica. O jovem encontrou duas amoras pequenas num arbusto e continuou seu caminho, mas teve o azar de ser picado por uma aranha que saltou de uma teia quando este estava caminhando por de baixo de algumas arvores secas. O jovem sentiu o veneno adentrar seu pescoço, causando dores fortes no lugar, mas antes que a criaturinha terminasse o outro conseguiu mata-la com uma pisada ao derruba-la.

Extras

2600 metros percorridos.

Vocês deverão lançar a quantidade de dados a baixo, mas todos devem ser D10.

Dado 01 – Acontecimentos com o personagem.
Dado 02 – Combate.

Dados extras podem ser lançados em caso de buscas de alimentos, água, arma ou de ações como fazer fogueira, fazer veneno, construir armadilha, procurar abrigo. Lembre-se: deve ser lançado um dado por ação diferente.

Situações

Equipe com a pedra vermelha.

Equipe 007:
Keith:
HP: 100/100.
Combate: 07.
Fome: 30%.
Sede: 30%.
Itens: Uma foice, uma banana.
Status: Intacto.

Aloysius:
HP: 85/100.
Combate: 07.
Fome: 30%.
Sede: 30%.
Itens: Uma mochila com quatro laranjas, duas amoras.
Status: Envenenado por uma aranha, dores no pescoço.

Nathaniel:
HP: 90/100.
Combate: 08.
Fome: 30%.
Sede: 30%.
Itens: Uma faca pequena.
Status: Dores fortes na testa, sangramento pequeno, confusão mental.

Alfie:
HP: 95/100.
Combate: 09.
Fome: 30%.
Sede: 30%.
Itens: Nenhum.
Status: Corte médio na bochecha.

Informações Finais

O post pode ser editado caso seja necessário, mas a preferência é evitar.

No final de sua narração coloque observações que sejam essenciais para a avaliação. Um exemplo é citar suas ações, o que tentou fazer, como fez e etc.

Sejam criativos com o que vão fazer, isto vale bastante.

O post tem um prazo de uma semana. Podendo postar até o dia 30/01/2016 às 19:00 ou então até o narrador postar.

Qualquer dúvida poderá ser mandado MP ou então perguntar no Chatbox.
@DFRabelo

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Alfie Dewhurst Oakhartly em Qua Jan 27, 2016 8:36 pm

Try again, fail again,
fail better
O abraço era forte e inesperado; o moreno  desejou manter o corpo mais próximo pelo máximo de tempo a qual poderia, por fato de sentir conforto e segurança no homem, algo que não acontecia com muitos a que já havia relacionado; o beijo que o tocava no rosto o contraia a sensação de toca-lo aqueles lábios rosados e o realizado não se deixava em nada que ultrapassasse a um selo naqueles. Aloysius era um dos primeiros ao qual tivera um contato maior, — tão dentro quanto fora da prisão — pelo contrario do que poderia parecer, Alfie não era uma pessoa tanto quanto amigável.

O silêncio não retornava desde sua primeira proposta à fala, porém o homem não esperava que aquilo acontecesse e, a pergunta clichê, acabou surgindo. Gargalhou zombeteiro jogando o corpo a dentro da floresta afim de explora-la, como sempre a dianteira de todos outros, deixando espaço para o polonês o acompanhar ao lado.  — O que faço? — Replicou a pergunta  com os lábios curvados a um sorriso tão quanto malicioso,  que no momento não passava mais de uma marca registrada do garoto, deixando o espaço entre os membros da equipe se aumentar a cada pequeno passo. — Eu não faço nada. — Por contrario do que acontecia o moreno entendia bem do que a mulher estava perguntando, porém não seria o primeiro a responder aquele questionário, e de fato não foi, viera outras palavras e acabou revelando teu dom, fotocinese, algo que não se orgulhava por ter.

O caminho se tornava cada vez mais extenso e a torre ainda não se posicionava ao campo de visão de nenhum dos detentos, aquilo se tornava cansativo, repetitivo e tedioso.  Na liderança  do grupo, um galho esbarrava ao rosto do primeiro — Alfie — que não fez muitos movimentos, levantando a gola da camisa a superfície acometida do rosto. O homem já não sentia tanta dor e aquele pequeno corte não o causava nada, nem uma pequena contorção. Correu os olhos pelo horizonte, em seguida algo um pouco mais a cima, já que estavam a procura de algo superior a eles. As árvores se viam cada vez mais estreitas e expressas, não seria tão fácil fazer lenha daquela madeira grossa, contudo o que não poderia fazer era desistir. O moreno nunca desistia.

Estrondosamente outro integrante do grupo caia ao acompanha-los naquela caminhada quase impossível. Alfie não precisou conter o riso, da mesma forma que ele não o transparecia entre os lábios, estando sempre em uma linha retilínea sem mostrar alteração no humor. Não precisou muitos passos para alcançar o abatido, assim que o fez já se via no chão ao lado dele. —Shhhhhh. — Ordenou ao observar o ferimento, caçando com as mãos algum pedaço frágil do tecido da própria roupa. — Não te preocupe. — Procurava não causar desespero desnecessário a algo extremamente normal. — Deita aqui. — Deixava o homem apoiar as costas e a cabeça por toda cobertura de seus braços ao solo, puxando-o para cima com movimentos sem pressa. — Vou limpar, contudo vai doer, tente não gritar. — Limpou toda região sangrenta e pressionou contra o local para que houvesse a pausa do sangue, não sabia ao certo se deveria esperar por ouvir gritos, Nathaniel parecia ser um homem que comprimia a dor. Acolheu o homem e trançou o braço ao redor de sua cintura assim que se colocou sobre os dois pés, ajudando e continuando a caminhar. — Confere a pedra.

Frio e denso; o andar constante estava a cada momento mais limitado.  Alfie não acreditava que poderia continuar de tal forma, sem intervenção de Hunted, tendo como vista um participante de outros eventos naquela prisão. Tudo estava quieto demais, silencioso o bastante, estes pequenos detalhes o fazia concluir que estava perto suficientemente de algo dar errado, de algum desastre acontecer; contudo, talvez, poderiam estar indo pela direção errada, talvez os outros já estivessem com suas pedras coloridas diversas e apenas seu grupo não. Não deixou-se negar por aflito com tal pensamento, mas aquilo não faria ele parar de procurar pela pequena esfera vermelha cujo necessitavam. O olhar inquieto do homem era lançado por todas as direções, logo precisariam comer e beber. Não havia uma grande variação na temperatura, desde então não necessitaria se preocupar com esta particularidade.

informações:
Ações // Informações.
Alfie limpou o próprio ferimento, como ajudou Nathaniel, higienizando a área acometida e servindo de apoio para sua caminhada, levando todos em busca de itens de sobrevivência, pela pedra e pela torre.

vitallidade // HP.
95//100

Atributos // Perícias
Destreza:7
Força:7
Inteligência: 6
Carisma:4
Vigor:6
Resistência à Tortura, mestre.

Poderes // Habilidades
Não houve uso na postagem

Dados // Indicações.
Dado 10: acontecimentos com o personagem;
Dado 10: combate;
Dado 10: defesa;
Dado 10: tentativa de achar a torre;
Dado 10: busca por água;
Dado 10: busca de alimentos;
Dado 10: busca por itens para sobrevivência.
Fotocinese || 4 || Survival 007
avatar
Alfie Dewhurst Oakhartly
the great danger
the great danger

Mensagens : 22
Data de inscrição : 12/12/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 09
Experiência:
50/100  (50/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Qua Jan 27, 2016 8:36 pm

O membro 'Alfie Dewhurst Oakhartly' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D10' : 4, 7, 8, 2, 2, 6, 1
avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Keith Marie Pannetiere em Qui Jan 28, 2016 2:56 am

Welcome to the jungle

Os passos de Keith eram atentos a cada minuto em que ela adentrava a floresta. O local escuro não era convidativo, por mais que ela se deliciasse com o cheiro de natureza que a fazia até mesmo esquecer a péssima mistura de odores os quais formavam a conhecida Hunted. Era bom estar em um local natural e conhecido por ela, pelo menos onde Keith pudesse se sentir em casa e confortável por estar cercada. Era uma pena que ela não poderia dizer o mesmo sobre seus colegas de grupo. Seus passos acabaram sendo tranquilos nos primeiros metros. Não conseguiu avistar nenhuma torre ou encontrar água, mas conseguiu achar uma banana que poderia ajudá-la a se saciar - ou pelo menos enganar - a fome caso precisasse mais tarde. Eles precisavam urgentemente encontrar água e comida para se manterem, ou estariam perdidos dentro de uma floresta. Precisavam do básico.

A atenção da loira foi completamente tirada quando o primeiro barulho foi escutado. Acabou que Alfie tentou passar por debaixo de uma árvore que cortou-lhe o rosto, mas o ferimento não pareceu incomoda-lo, fazendo com que ele apenas o pressionasse com a camisa para estancar o pouco de sangue. Se eles tivessem achado água, seria um bom momento para aplicar sobre o ferimento, mas tinham que se virar com o que tinham. O segundo a se machucar foi Nathaniel. Aconteceu muito rápido, então Keith não conseguiu assistir a cena de fato. Apenas ouviu um alto estrondo e então encontrou o rapaz contra o chão, um machucado vermelho em sua testa que foi imediatamente acudido por Alfie, então não demandou de qualquer ação dela. A menina apenas esperou pelo grupo, ainda tentando localizar qualquer trilha - e não obtendo sucesso por hora - que os guiasse um caminho.

Keith só realmente interrompeu seus planos quando ouviu um murmuro de Aloysius que pareceu irritado e dolorido ao ser picado por alguma espécie de inseto que havia na floresta. Correndo em direção ao garoto, Keith encontrou um machucado vermelho em seu pescoço, provavelmente causado por uma aranha. Keith sabia que - novamente - o tratamento mais indicado seria lavar a picada com abundância para conseguir limpar a ferida e aliviar a dor do veneno, o que era impossível já que não haviam obtido sucesso nessa missão em especial. Com um suspiro cansado ela pediu licença, afastando a mão de Aloysius do ferimento.

-Tente não colocar a mão. Está suja e vai ser pior se isso infeccionar. -Avisou, olhando cuidadosamente para ele. -Está doendo, não é? Vamos procurar por água e lavar isso, ok? Vai aliviar um tanto. -Com um suspiro e voltando a atenção para a mata, Keith se virou na direção dos seus companheiros. -Estamos todos bem? Podemos continuar?

Olhou para Alfie que ajudava Nathaniel a se movimentar e se perguntou se deveria ajudá-los. Ficou o tempo todo ao lado dos garotos, se certificando de ficar perto da pedra, poderes a posto e atenção e defesa em alta, pronta para se proteger de qualquer coisa que pudesse ameaçá-los. Pensar no jogo estava começando a preocupa-la ao pensar que talvez as outras equipes pudessem estar com alguma espécie de vantagem sobre a sua. Pelo menos temos uma pedra verde, ela pensou com um sorriso no rosto. Isso já significava alguma coisa. Por enquanto eles pareciam livres de qualquer perigo, o que permitia que Keith também se preocupasse em encontrar água, que havia se tornado um fator crucial para o grupo. Ela precisava lavar os ferimentos de Aloy e de Nathan, precisavam guardar para saciar a sede e precisavam também - cedo ou tarde - encontrar uma forma de descansarem protegidos. Keith não sabia quanto tempo passariam naquela floresta, mas conhecendo a Hunted, ela não imaginava que seria pouco. Ela também achava que estavam há tempo demais sem sofrer um ataque e aquilo era terrivelmente suspeito. Eles tinham que ficar atentos, focados a qualquer coisa. E Keith protegeria a maldita pedra. Ninguém tocaria nela, ninguém a levaria, pois Keith lutaria com unhas e dentes... Literalmente.

Seus olhos procuraram por qualquer indicação da torre quando Aloysius comentou enxergá-la e isso acendeu uma faísca de esperança na menina. Ver a ponta da torre sobre as árvores era algo legal, mas eles precisavam de algo mais sólido, talvez uma trilha, algo que pudesse guiá-los com mais eficiência. Um deles poderia voar e tentar ver uma situação panorâmica do local, mas isso seria um forte indicador para seus inimigos de onde o grupo estava e isso não seria legal. O ideal seria manter-se na calada como faziam até então e apenas seguir o bom senso de Aloysius, além de procurar por novos indicadores de caminho. Chegando na torre, chegavam à pedra, mas isso significava conflitos. Ela tinha que se preparar. A foice estava firme em suas mãos e ela se sentia feliz por ter um ataque a distância, já que suas unhas funcionavam como facas, não com a eficiência de distância de uma lança ou uma foice. Keith se manteve em atenção por qualquer coisa útil no caminho, qualquer erva que ela pudesse reconhecer por ser medicinal ou qualquer mínimo detalhe que pudesse ajudá-la e seu grupo. Eles tinham que passar a primeira etapa, aquela que os obrigava a sobreviver contra a natureza.


observação:
Editei porque esqueci de colocar o spoiler de poderes e editei pela segunda vez porque não sabia que tinha que justificar edição. Hehe!
Ações:

Dado 1: Acontecimentos com o personagem.
Dado 2: Chance de encontrar inimigos.
Dado 3: Combate.
Dado 4: Busca por água.
Dado 5: Busca por alimentos.
Dado 6: Busca por trilhas ou sinais que indiquem a clareira central.
Dado 7: Busca por componentes úteis para primeiro socorros.

atributos e perícias:

Destreza 05
Força 10
Inteligência 08
Carisma 03
Vigor 04

Psicologia (amador)

Status do prisioneiro:

HP: 100/100.
Combate: 07.
Fome: 30%.
Sede: 30%.
Itens: Uma foice, uma banana.
Status: Intacto.

poderes:

Nenhum poder foi utilizado.




Última edição por Keith Marie Pannetiere em Qui Jan 28, 2016 3:02 am, editado 2 vez(es)

● ● ●


hit me like a man & love me like a woman


 
avatar
Keith Marie Pannetiere
the great danger
the great danger

Mensagens : 48
Data de inscrição : 29/12/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 01
Experiência:
0/0  (0/0)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Qui Jan 28, 2016 2:56 am

O membro 'Keith Marie Pannetiere' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D10' : 7, 6, 3, 6, 1, 6, 6

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Nathaniel Möunttcasp em Qui Jan 28, 2016 10:24 am



Your pain is MY victory
Dark Blood



Nathaniel era um dos poucos ali que acreditava em destino. Naquele momento, algo muito ruim aconteceu e o gêmeo Möunttcasp refletiu sobre o que teria feito de ruim para merecer um castigo como o de cair desastradamente no chão depois de topar com um pedregulho mediano.

Alfie, por sua vez, parecia disposto a ajudar o rapaz. Seguindo as orientações do colega, ele recuperou a pedra que havia escapado de seu esconderijo e a guardou mais fundo na mochila. Os demais pararam a correria para socorrer que ficou agradecido.

O momento de afeito explodiu em mil pedaços quando Alfie cuidou de seus ferimentos. A dor que sentia em cada toque era insuportável, mas ele sabia resistir. Por esse motivo, tirou alguns suprimentos da mochila e tratou de se alimentar junto com os demais. A última coisa que queria era morrer de fome naquele lugar.

Com a mochila um pouco mais vazia, ele se certificou do espaço que a pedra ocupava e voltou a correr com seus companheiros na busca pela torre. Desta vez, Aloy já tinha uma pista da direção que deveriam seguir e estavam mais confiantes de seu objetivo.

atributos:
Destreza:8
Força:6
Inteligência: 10
Carisma:11
Vigor:5

perícias:
Furtividade: Mestre
Acrobacia: Mestre
Rastreio: Mestre

Dados:
Dado 01 – Acontecimentos com o personagem.
Dado 02 – Chance de encontrar inimigos.
Dado 03 – Combate.
Dado 04 – Achar água
Dado 05 – Repor energias com comida e água.
Dado 06 – Achar a torre
Dado 07 - Achar coisas úteis para o percurso de corrida


Thak's for@Lovatic, on CG


● ● ●

avatar
Nathaniel Möunttcasp
the calm before
the calm before

Mensagens : 25
Data de inscrição : 29/11/2015

Ficha do Prisioneiro
Nível: 09
Experiência:
25/100  (25/100)
Mochila:

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Qui Jan 28, 2016 10:24 am

O membro 'Nathaniel Möunttcasp' realizou a seguinte ação: Lançar dados

'D10' : 10, 6, 10, 9, 7, 8, 9

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Hunted em Sab Jan 30, 2016 1:17 pm



Survival!
H U N T E D


Survival - Finalização

Se você não quiser ler um desabafo off, não precisa continuar a leitura, apenas pule o texto a baixo e veja as premiações.

Primeiramente boa tarde ou então bom dia, boa noite, dependendo do horário que esta lendo. Eu queria pedir desculpas, muitas desculpas, perdão e tudo mais, pois eu sinceramente queria dizer que eu NÃO aguento mais me sentir mal, mas não é simplesmente pelas coisas bobas que estão ao meu redor ou então só o off ou on, só quero uma pausa, algo que faça eu me sentir melhor. Provavelmente alguns já perceberam que eu sumi completamente de todos os RPG que eu jogava, minha frequência neles era de conectar, dar uma olhada e sair. Minha cabeça ta confusa, meu corpo ta cansado e minha mente ta perdida. Eu sinceramente quero tentar relaxar, parar de me preocupar com tantas coisas. Eu me sinto estranho, me sinto fraco e exausto com a vida que eu levo. Eu estou numa correria enorme, minha vida esta resumida em trabalho para casa e casa para trabalho e isso ta acabando comigo, mas não é nem por eu não gostar, até gosto, mas eu to cheio de problemas para resolver, não tenho tempo para pensar em continuar o evento e novamente eu peço desculpas por isso, pois eu to com a cabeça cheia de coisas e não consigo chegar, sentar na frente do not e ler os posts e fazer uma narração, pois parece que minha cabeça esta cada vez mais fraca e perdida, eu chego com vontade de me jogar na cama, ver uma série e relaxar, não tenho como ficar me preocupando com outras coisas, por mais que sempre eu fique com aquilo na cabeça, sempre pensando nos problemas que tenho que resolver e isso ta foda pra mim. Bom, queria agradecer a todos os administradores que provavelmente, alguns deles estão jogando no evento e estão trabalhando pelo RPG, OBRIGADO! Mesmo! Pois sem vocês isso iria cair, ele já esta, querendo ou não. Eu também queria agradecer todos os membros que jogam e não abandonaram e que estavam ansiosos pelo resultado da segunda etapa, mas infelizmente eu estou abandonando o barco, quem sabe eu apareça por aí uma vez ou outra, mas não para trabalhar de novo, por que de trabalho já tenho demais em off. Aff gente, eu juro que não queria finalizar ele dessa forma, mas era o único meio para ver se eu fico menos sobrecarregado. Eu era acostumado a dormir umas 23, não aguento ficar acordo, durmo umas 22 ou 22 e pouco e mesmo assim levanto cansado. Eu vou num psicologo nessa semana para ver o que eu tenho, acredito eu que seja estresse, irritabilidade, nervosismo... transtorno de ansiedade eu já tenho, mas o que mais poderia piorar? Minha vida esta me esgotando. E se você que ta lendo é meu amigo, peço desculpas caso eu pareça um esnobe as vezes ou então não responda direito, sinceramente eu não to bem comigo mesmo, to meio cabisbaixo, tentando sorrir de verdade, mas o que parece é que é simplesmente eu levanto o canto dos lábios e tento fingir que estou feliz...Bom, qualquer coisa se eu desaparecer, provavelmente eu estou no trabalho ou então em casa tentando relaxar. Preciso de calmante... MINHA CABEÇA TA PÉSSIMA, sério! Eu já não to falando coisa com coisa, perdão. To misturando tudo, to parecendo louco, mas acho que com o tempo vou melhorando. Me desculpem pelo desabafo, pela encheção de saco ou então mil perdões por finalizar dessa forma o evento. Se precisarem de mim, já sabem como me procurar, SKP, WPP, FB... onde desejarem. Se esse texto estiver confuso ou então muito embaralhado, peço novamente desculpas, eu não revisei, só escrevi o que tava sentindo... desculpa de novo... Até logo.

P R E M I A Ç Õ E S

- Jogadores que postaram uma vez na segunda etapa: +350 de experiência, +3 pontos de perícia, +3 pontos de atributos, +2 itens normais a sua escolha (Não podem ser ofensivos).

- Jogadores que postaram duas vezes na segunda etapa: +500 de experiência, +5 pontos de perícia, +5 pontos de atributos, +3 itens normais a sua escolha e +1 item ofensivo ruim. (Faca enferrujada, canivete quebrado, garrafa quebrada, espelho cortante.)
@DFRabelo

● ● ●

avatar
Hunted
this is our reign
this is our reign

Mensagens : 474
Data de inscrição : 27/11/2015

Ver perfil do usuário http://hunted.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [Evento] Survival II - Floresta Proibida, Equipe 007

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum